A vida e humilhação de nós mesmos


Vida e a humilhação de nós mesmos

A vida e a humilhação de nós mesmos... Falam de tudo. Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzices, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos.

Sobretudo falam do comportamento e falam porque supõem saber. Mas não sabem, porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente. Se sentissem não falariam. (Artur da Távola)

O problema da humilhação não está em que é humilhado, mas sim em quem humilha. A soberba é a parte dianteira da humilhação. Jamais humilhe uma pessoa, porque Deus se agrada dos humildes, e não dos soberbos.

Para ele sim, devemos abaixar nossa cabeça e nos postarmos aos seus pés, e não para os homens.  (Sentimentos de Sílvia) 

Bendito seja os que não manipulam
Bendito seja aquele que aprende a admirar mas não invejar, seguir mas não imitar, elogiar mas não bajular, liderar mas não manipular. (William Arthur Ward)


A vida e a humilhação

Durante uma vida a gente é capaz de sentir de tudo, são inúmeras as sensações que nos invadem, e delas a arte igualmente já se serviu com fartura.

Paixão, saudade, culpa, dor-de-cotovelo, remorso, excitação, otimismo, desejo - sabemos reconhecer cada uma destas alegrias e tristezas, não há muita novidade, já vivenciamos um pouco de cada coisa, e o que não foi vivenciado foi ao menos testemunhado através de filmes, novelas, letras de música.

Há um sentimento, no entanto, que não aparece muito, não protagoniza cenas de cinema nem vira versos com frequência, e quando a gente sente na própria pele, é como se fosse uma visita incômoda. De humilhação que falo.

Há muitas maneiras de uma pessoa se sentir humilhada. A mais comum é aquela em que alguém nos menospreza diretamente, nos reduz, nos coloca no nosso devido lugar - que lugar é este que não permite movimento, travessia?

Geralmente são opressões hierárquicas: patrão-empregado, professor-aluno, adulto-criança. Respeitamos a hierarquia, mas não engolimos a soberba alheia, e este tipo de humilhação só não causa maior estrago porque sabemos que ela é fruto da arrogância, e os arrogantes nada mais são do que pessoas com complexo de inferioridade. Humilham para não se sentirem humilhados.

Mas e quando a humilhação não é fruto da hierarquia, mas de algo muito maior e mais massacrante: o desconhecimento sobre nós mesmos?

Tentamos superar uma dor antiga e não conseguimos. Procuramos ficar amigos de quem já amamos e caímos em velhas ciladas armadas pelo coração. Oferecemos nosso corpo e nosso carinho para quem já não precisa nem de um nem de outro. Motivos nobres, mas os resultados são vexatórios.

Nesses casos, não houve maldade, ninguém pretendeu nos desdenhar. Estivemos apenas enfrentando o desconhecido: nós mesmos, nossas fraquezas, nossas emoções mais escondidas, aquelas que julgávamos superadas, para sempre adormecidas, mas que de vez em quando acordam para, impiedosas, nos colocar em nosso devido lugar. (Martha Medeiros)

É impressionante como tem gente que se acha inteligente, mas tende a querer ser melhor que os outros e intencionalmente esmagam, humilham e são tão arrogantes com as pessoas.

Tenho pena de pessoas assim, pois vivem na hipocrisia de se sentirem o máximo, mas são apenas pessoas inseguras que precisam de autoafirmação para se acharem melhores. Que dóóóóó!!!

Respeitar o outro é respeitar a si próprio, isso sim é inteligente e além disso, preserva pessoas verdadeiras em nosso ciclo de amizades, com caráter, que valorizam a família, o amor, o sentimento puro, independente do grau de escolaridade, aparência, raça, dinheiro, moradia, ou seja, sem interesses e preconceitos, isso sim faz bem ao coração.

O resto, ahhh, o resto passa batido, sempre vazio e solitário! (Christiane Baptista)

O que mais me impressiona nos fracos é que eles precisam humilhar os outros, para sentirem-se fortes. (Mahatma Gandhi)

Abraços e muita paz!

A vida e humilhação de nós mesmos A vida e humilhação de nós mesmos Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on agosto 08, 2017 Rating: 5
2 comentários:
  1. Olá amigo falou tudo achei maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida amiga Bernadete!!!
      Obrigado, fico muito feliz que tenha gostado da mensagem e com sua presença e participação, valeu amiga!!!
      Tenha uma semana maravilhosa e abençoada!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir