Os sentimentos estão sempre em guerra

Conflitos sentimentais
Os nossos sentimentos estão sempre em guerra, não existe trégua entre eles, são conflitantes por sua natureza e não são fáceis de dominar.
Não existem pessoas iguais, ninguém é igual a ninguém, cada pessoa é um estranho ímpar, com sentimentos diferentes e muitas vezes conflitantes. A intensidade dos sentimentos difere para cada pessoa, os bons sentimentos são a essência da vida da alma. O maior deles é o amor, um sentimento sublime que precisa ser muito trabalhado, ele é também o que cria mais conflitos entre os seres humanos. Em matéria de sentimentos não conseguimos entender nem os nossos, muito menos os dos outros.

Ninguém é senhor dos seus sentimentos

Somos donos de nossos atos, mas não donos de nossos sentimentos;
Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos; 
Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos...
Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo.
(Mário Quintana)


Sentimentos brotam sem motivos e sem razões.

Comecei uma listinha de sentimentos dos quais não sei o nome. Se recebo um presente dado com carinho por pessoa de quem não gosto - como se chama o que sinto? A saudade que se tem de pessoa de quem a gente não gosta mais, essa mágoa e esse rancor - como se chama? Estar ocupada - e de repente parar por ter sido tomada por uma súbita desocupação desanuviadora e beata, como se uma luz de milagre tivesse entrado na sala: como se chama o que se sentiu?
É necessário abrir os olhos e perceber as coisas boas dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. (Clarice Lispector)
  
Falam de tudo. Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzisses, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos. Sobretudo falam do comportamento e falam porque supõem saber. Mas não sabem, porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente. Se sentissem não falariam. (Nelson Rodrigues)

Sentimentos, conflitos internos.

Um ancião índio norte-americano, certa vez, descreveu seus conflitos internos da seguinte maneira:
- Dentro de mim há dois cachorros. Um deles é cruel e mau. O outro é muito bom, e eles estão sempre brigando.
Quando lhe perguntaram qual cachorro ganhava a briga, o ancião parou, refletiu e respondeu:
- Aquele que eu alimento mais frequentemente. (Paulo Coelho)
  
Procure escolher bem quais sentimentos você vai passar e quais sentimentos você quer receber, por que isto define quem você é e, em especial, o que as pessoas serão pra você. (Augusto Branco)

Como nutrir os sentimentos?

Não dá para nutrir sentimentos como hostilidade, ciúme, medo, culpa, depressão. Essas são emoções tóxicas. Importante: onde há prazer, há a semente da dor, e vice-versa. O segredo é o movimento: não ficar preso na dor, nem no prazer (que então vira vício). Não se deve reprimir ou evitar a dor, mas tomar responsabilidade sobre ela.
A magnificência de um relacionamento sagrado se despedaça nos recifes dos conflitos egocêntricos sentimentais triviais. (Deepak Chopra)

Em matéria de sentimentos o equilíbrio é sempre a melhor escolha. 

Não estrague a sua vida e a vida de outras pessoas, em matéria de sentimentos procure sempre o equilíbrio, o discernimento, o meio termo e o bem comum, assim, sempre estará fazendo a escolha correta.
Leia também: Saúde dos sentimentos docoração ou da alma

Sentimentos em conflito

Abraços e muita paz!

Os sentimentos estão sempre em guerra Os sentimentos estão sempre em guerra Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on junho 27, 2014 Rating: 5
2 comentários:
  1. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    sim, o equilíbrio, é importante e essencial em todas situações da VIDA!! e a nossa maior luta deve ser vencer nossas deficiências. Muita batalha no Bem para todos nós.
    Descurtir · 1 · Responder · Moderado · Publicly Visible · Deixar de seguir a publicação · há 9 minutos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis Eduardo Pirollo - UNIVEM
      Olá, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Certamente, minha amiga, o equilíbrio é sempre a melhor solução, temos que aprender a ponderar sempre e lutar muito contra as nossas deficiências sentimentais.
      Obrigado, minha querida amiga, fico muito feliz com sua presença, com seu lindo comentário, com seu apoio e carinho de sempre, valeu!!!
      Tenha um maravilhoso e abençoado final de semana!!!
      Abraços com carinho e muita paz!!!

      Excluir