O sono se acabou e os sonhos se apagaram

O sono se acabou e os sonhos apagaram
Hoje vivemos em um mundo onde reinam as incertezas, as dúvidas tomam conta de grande parte da população, será que o sono se acabou e os sonhos não voltarão mais? O mundo está atravessando um período de muita incredulidade, de falta de confiança em dias melhores, de falta da prática de bons sentimentos. O povo já não sabe no que acreditar, não sabe onde termina a verdade e onde começa a mentira. O caos é quase total.

De repente o sono se acaba, e os sonhos não voltam mais.
Estamos despertos para a vida, mas nem sempre estamos acordados para viver. Muitos ensinamentos foram dados, mas na hora de colocá-los em prática, tropeçamos em muitas dificuldades e esbarramos na distância que separa o concreto do abstrato.
Aprendemos a estudar, mas não significa que sabemos as coisas. Aprendemos a orar, mas orar não significa que cremos. Aprendemos a falar, mas isto não quer dizer que nossas palavras tenham sentido. Aprendemos a sorrir, mas nem sempre significa que estamos alegres. O muito que aprendemos, nunca é o bastante diante de tudo que ninguém pôde nos ensinar.
Os sonhos não voltarão mais?Não nos ensinaram a chorar, talvez por isso nossas lágrimas sejam tão sinceras. Não nos ensinaram a sofrer, talvez por isso nossos sofrimentos sejam tão sentidos. Não nos ensinaram o gosto da derrota, talvez por isso nos sintamos tão arrasados quando a vitória foge das nossas mãos.
E o pior disso tudo, é que a vida não pára, não espera, não recua, também não dá férias, nem oportunidade de recuperação, não se resume em um simples encontro, nem tão pouco numa viagem de lazer. De repente o sono se acaba e os sonhos não voltam mais.
Na vida tudo tem limites, até a fuga. Um dia, fatalmente iremos deparar conosco mesmo, sem disfarces, e diante de nossas próprias consciências, virá o encontro, talvez o desencontro, a certeza, ou quem sabe a dúvida, o orgulho bem como a vergonha, a vontade seguida ou não do desejo, a dor, o desespero, o sentimento de perda, enfim, sempre aparecerão facetas diferentes de nós; mas uma coisa é essencial: convém sermos sinceros. Ou carregamos nossa cruz com esforço e com dignidade ou nossa cruz nos sufocará, não que ela seja pesada, nós é que seremos fracos para suportá-la. Não há outra alternativa, chegou o tempo de ser. Acabaram-se os dias do "A gente se encontra", "depois a gente conversa...", ou do "eu ligo pra você!"
O ontem ficou para trás, o hoje é o que importa, porque talvez o amanhã não teremos a oportunidade de aproveitar!
A hora é de ser!
O momento é de viver!
(Autor desconhecido)

Sejam quais forem suas lutas e seus ideais, viva em paz com sua alma, mesmo no fragor das batalhas. Malgrado as imposturas, as durezas e as decepções, o mundo ainda é belo. Conserve sempre a paz com Deus!

Os sonhos de Deus jamais vão morrer
 O sonho nos dá aquilo que a realidade nos nega.
Nunca desista, não pare de crer, os sonhos de
Deus jamais vão morrer.

Abraços e muita paz!


O sono se acabou e os sonhos se apagaram O sono se acabou e os sonhos se apagaram Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on novembro 14, 2013 Rating: 5
Nenhum comentário: