Mangostin é rainha das frutas tropicais

Mangostão é rainha das frutas tropicais
O mangostin ou mangostão é a rainha das frutas tropicais, considerada a fruta mais gostosa do mundo. O fruto é muito benéfico para a nossa saúde e para o emagrecimento. Fruta nativa da região tropical do sudeste asiático, abrangendo também a maioria das ilhas da Indonésia, o mangostão é considerado pelos habitantes desses lugares como a fruta mais saborosa do mundo: "a rainha das frutas tropicais".

Um verdadeiro "manjar dos deuses", o mangostão foi comparado, por alguns, ao néctar e à ambrosia, alimentos do Olimpo grego. Em Inglês recebe o nome de "mangosteen".

O mangostin ou mangostão também é encontrada na China, no Panamá e em Honduras.
Apesar da árvore que dá o mangostão demorar vários anos para começar a frutificar - cerca de 10 anos quando plantada sem enxertia, ou 4 com enxertia, o cultivo da mais "saborosa fruta do mundo" passou a atrair vários migrantes de origem japonesa. Vem sendo plantado no litoral brasileiro com muito sucesso.

O mangostão tem sido produzido no Brasil no litoral da Bahia, no estado do Pará e um produtor no oeste do estado de São Paulo.
Absolutamente delicioso ao natural, como fruta de mesa, também pode ser preparado na forma de compotas e sucos. A árvore é muito ornamental, e adorna com louvor qualquer pomar ou jardim.

Mangostão, o manjar dos deuses

O mangostão, com nome científico de Garcinia Mangostana L, também conhecida por mangostin, não possui variedades de espécies, pois a reprodução da planta se dá por apoximia, isto é, o fruto é formado sem fecundação, a reprodução das sementes funcional como uma clonagem.

Propriedades do Mangostin ou mangostão

- O mangostão contém xantonas, que proporcionam uma ação antioxidante, antitumoral, anti-inflamatória, antiviral, antifúngica e antibiótica.

- Contém ácido hidrocicítrico, que aumenta a sensação de saciedade e auxilia na eliminação de gorduras, prevenindo o aumento do colesterol.

- As quinonas têm uma ação semelhante às tetracíclicas (antibióticos).

- Os fenóis têm propriedades antimicóticas.

- As catequinas e estilbenos são antioxidantes.

- É rico em várias vitaminas e minerais.

Benefícios do Mangostão

Benefícios do Mangostão ou MangostinPara que serve o mangostão ou mangostin?
O mangostão é nativo da região tropical e tem sido produzido aqui no Brasil, no litoral da Bahia e no oeste de São Paulo. Mas não é só por ser muito gostosa que essa fruta, de casca arroxeada e polpa macia, é uma ótima opção para o seu lanche.

Essa pequena delicia é antioxidante, anti-inflamatório, antidiabético, favorecendo a regulação da glicose e diminuindo a resistência a insulina, energizante e ainda ajuda a fortalecer o sistema imunológico. (ntco.com.br)

Como Antioxidante: o mangostão tem uma classe de compostos chamados de xantonas. As xantonas têm mostrado benefícios contra inflamações, doenças cardiovasculares e radicais livres. Devido às propriedades antioxidantes, cura células afetadas por radicais livres, desacelera o envelhecimento, a deterioração mental e física além de uma classe de doenças degenerativas, como o câncer, por exemplo;

Baixo teor calórico: com apenas 63 kcal por 100 gramas, não apresenta teor de gorduras saturadas nem de colesterol. Além disso, é rico em fibras, algo bastante importante para pessoas que querem perder peso;

Vitamina C: outro nutriente com potente ação antioxidante, bastante útil em infecções gripais e na regeneração de células do corpo;

Fluxo do Sangue: ajuda na reprodução de células vermelhas do sangue prevenindo, assim, a anemia. Melhora o fluxo sanguíneo agindo na dilatação de veias e artérias, o que ajuda a prevenir doenças como aterosclerose, colesterol e triglicérides altos, entre outras doenças;

Propriedades do mangostãoTuberculose: devido às propriedades antibacterianas e a antifúngicas, pode auxiliar no fortalecimento do sistema imune. Estudos apontam benefícios em pacientes com tuberculose; 

Pressão sanguínea: o fruto contém altos níveis de minerais como: manganês, magnésio, cobre e potássio. Este último protege contra doenças coronarianas visto que controla os batimentos cardíacos e a pressão sanguínea;

Alzheimer: estudos mostram a efetividade do mangostão no tratamento da doença de Alzheimer;

Acne: os compostos antibacterianos e antimicróbicos são efetivos no tratamento de algumas desordens da pele, como a acne e a pele oleosa e seca;

Menstruação: o consumo da fruta pode ser bem útil na redução dos sintomas pré-menstruais como hipertensão, tonturas, alterações de humor, etc.;

Problemas gástricos: as folhas e cascas são usadas para tratamento de diarreia, disenteria, aftas e desordens urinárias;

Energético: o uso da fruta pode ajudar na sensação de energia e vigor. Fornece uma melhora na disposição do corpo;

Diabetes: o mangostão é um remédio natural que é eficaz na gestão e manutenção dos níveis de açúcar pelo corpo.

Mangostão para o emagrecimento

Mangostin para emagrecerA fruta traz muitos benefícios para a silhueta e para a saúde.
A vontade de comer doces, que se acentua quando estamos fazendo dieta, pode ser combatida se incluirmos em nosso cardápio o mangostão.

O mangostão é um ótimo complemento a ser usado nas dietas de emagrecimento porque estimula a eliminação do líquido pela urina, reduz gordura ao impedir a formação dela pelo fígado, pois inibe a enzima liase, responsável pela acumulação da gordura corporal. As fibras da fruta ajudam a liberar as fezes e o que é melhor, a taxa de orexina, hormônio que regula o apetite, é reduzida.

Além de auxiliar no emagrecimento, a fruta ajuda a melhorar problemas digestivos gastrointestinais, imunológicos, respiratórios, cardiovasculares, diabetes, colesterol alto e depressão. O mangostão pode ser consumido em forma de suco, mas também pode se comer a polpa branca que envolve as sementes. (Fonte: Bemstar.globo.com)

Onde encontrar o mangostão?

Mangostão, mangostin ou mangosteenPara os que procuram a fruta fresca, no Brasil ela é cultivada principalmente nos Estados do Pará e da Bahia e, em pequena escala no Espírito Santo e São Paulo. Pode ser encontrado em lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, com preços bem variáveis. Em forma de cápsula, recebe o nome de garcinia.

Estudos e pesquisas sobre o mangostão

Os cientistas tomaram por base os usos terapêuticos dos povos indígenas, e começaram a estudar o porquê de haver efeitos do mangostão na saúde.

As pesquisas acerca das xantonas encontradas no mangostão começaram em 1970 e gradualmente foram crescendo à medida que se começaram a descobrir importantíssimas propriedades nutritivas.

As pesquisas sobre as xantonas do mangostão cresceram exponencialmente entre 1996 e 2005. Cada vez mais estudos estão em curso a nível mundial.

Recentemente um dos cientistas que mais investigações fez acerca do mangostão a nível mundial, um cientista japonês foi recrutado pela Pfizer e já não está mais autorizado a falar das suas investigações. No entanto há cada vez mais médicos, entidades independentes, laboratórios à volta de todo o mundo interessados em fazer investigações do mangostão.

Pesquisas sobre o mangostão


Abraços e muita paz!

Mangostin é rainha das frutas tropicais Mangostin é rainha das frutas tropicais Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on junho 13, 2015 Rating: 5
Nenhum comentário: