Alimento da Alma

O corpo se alimenta das Substâncias da Terra.
A alma se nutre dos sentimentos que gera e assimila.
Se te sentes enfraquecido e desanimado apesar da higidez do teu organismo, será de bom alvitre anotar o teor dos sentimentos que cultivas.
Verifica se do teu coração estão brotando as vibrações negativas do ressentimento, da mágoa, da vingança, da agressividade... São elas os elementos destrutivos que te podem desagregar as energias, inclinando-te à perturbação e à enfermidade.
Se isto te acontece, atenta para a necessidade urgente de modificares o padrão das tuas emoções.
Para tanto, procura a inspiração de Jesus no Evangelho. Ali colherás as indicações seguras para implantar, no teu intimo, os sentimentos de amor, compaixão, fraternidade, perdão e caridade...

Serão eles que, fluindo do centro de ti mesmo, haverão de te reanimar e socorrer, restaurar e fortalecer, para que te coloques na direção certa, a passos seguros na recuperação preciosa da tua saúde espiritual.
Resguarda-te dos alimentos enfermiços, porque Jesus te deseja saudável de corpo e espírito, para a sementeira da luz e do bem.
(José Carlos Ferreira)

Viver uma verdadeira experiência amorosa é um dos maiores prazeres da vida. Gostar é sentir com a alma, mas expressar os sentimentos depende das idéias de cada um. Condicionamos o amor às nossas necessidades neuróticas e acabamos com ele. Vivemos uma vida tentando fazer com que os outros se responsabilizem pelas nossas necessidades enquanto nós nos abandonamos irresponsavelmente.
Queremos ser amados e não nos amamos, queremos ser compreendidos e não nos compreendemos, queremos o apoio dos outros e não damos o nosso a eles. Quando nos abandonamos, queremos achar alguém que venha a preencher o buraco que nós cavamos. A insatisfação e o vazio interior se transformam na busca contínua de novos relacionamentos, cujos resultados frustrantes se repetirão.
Cada um é o único responsável pelas suas próprias necessidades. Só quem se ama pode encontrar em sua vida Um Amor de Verdade.
(Zíbia Gasparetto)

Todas as Virtudes têm a sua raiz no Ato de Amar e de Doar...

O homem ama, porque o amor é a essência da sua alma. Por isso não pode deixar de amar. (Léon Tolstoi)



Alimento da Alma Alimento da Alma Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on maio 09, 2012 Rating: 5
Nenhum comentário: