Vida e intransferível sabedoria do ser

Como adquirir a verdadeira sabedoria
Para adquirir sabedoria na vida é preciso cultivar a paciência e a simplicidade. Ela só vem com o tempo, com o amadurecimento e é intransferível, não se pode ensinar. A sabedoria não se transmite de ser a ser, é preciso que nós a descubramos fazendo uma caminhada que ninguém pode fazer em nosso lugar e que ninguém nos pode evitar, porque a sabedoria é uma maneira de ver as coisas.

Mas não basta conquistar a sabedoria, é preciso saber usá-la. Conhecer os outros é inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria. Controlar os outros é força, controlar-se a si próprio é verdadeiro poder.

Como sabiamente cita Cora Coralina, o conhecimento a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria se aprende é com a vida e com os humildes.

Saber interpor-se constantemente entre si próprio e as coisas é o mais alto grau de sabedoria e prudência. (Fernando Pessoa)

Vida filosofia e sabedoria do ser
Feliz o homem que encontrou a sabedoria e alcançou o entendimento, porque a sabedoria vale mais do que a prata, e dá mais lucro que o ouro. (Provérbios)

Conhecimento e sabedoria de vida
Os conhecimentos podem ser transmitidos, mas nunca a sabedoria. Podemos achá-la; podemos vivê-la; podemos consentir em que ela nos norteie; podemos fazer milagres através dela. Mas não nos é dado pronunciá-la e ensiná-la.

A vida de todo ser humano é um caminho em direção a si mesmo, a tentativa de um caminho, o seguir de um simples rastro. Sempre é bom termos consciência de que dentro de nós há alguém que tudo sabe...

Homem algum chegou a ser completamente ele mesmo; mas todos aspiram a sê-lo, obscuramente alguns, outros mais claramente, cada qual como pode. Todos levam consigo, até o fim, viscosidade e casas de ovo de um mundo primitivo.

Há os que não chegam jamais a ser homens, e continuam sendo rãs, esquilos ou formigas. Outros são homens da cintura para cima e peixes da cintura para baixo.

Mas cada um deles é um impulso em direção ao ser.
O homem culto é apenas mais culto; nem sempre é mais inteligente que o homem simples.

Não devemos fugir da vida ativa para a vida contemplativa, nem vice-versa, mas variando entre as duas, estar sempre a caminho, nas duas ter a nossa morada, participar de ambas.

Quem quiser nascer tem que destruir um mundo; destruir no sentido de romper com o passado e as tradições já mortas, de desvincular-se do meio excessivamente cômodo e seguro da infância para a consequente dolorosa busca da própria razão do existir: ser é ousar ser.

Há muito que já perdemos o paraíso. E o novo que queremos e que temos que construir, não se encontra no equador ou nos mares quentes do Oriente. Ele se encontra dentro de nós mesmos.

Mas na realidade não há nenhum eu, nem mesmo no mais simples, não há uma unidade, mas um mundo plural, um pequeno firmamento, um caos de formas, de matizes, de situações, de heranças e possibilidades.

A única realidade é aquela que se contém dentro de nós, e se os homens vivem tão irrealmente é porque aceitam como realidade as imagens exteriores e sufocam em si a voz do mundo inteiro.

Também se pode ser feliz assim; mas quando se chega a conhecer o outro, torna-se impossível seguir o caminho da maioria. O caminho da maioria é fácil, o nosso é penoso. Caminhemos...

A cada chamado da vida o coração deve estar pronto para a despedida e para novo começo, com ânimo e sem lamúrias, aberto sempre para novos compromissos. Dentro de cada começar mora um encanto que nos dá forças e nos ajuda a viver.
(Fonte: Frases e pensamentos de Hermann Hesse)

Vida e descoberta da sabedoria
Não se compõe uma sabedoria introduzindo no pensamento os resíduos diversos de todas as filosofias humanas, tal como não se fica com saúde engolindo o conteúdo de todos os frascos de uma velha farmácia. (Victor Hugo)

A sabedoria não nos é dada. É preciso descobri-la por nós mesmos, depois de uma viagem que ninguém nos pode poupar ou fazer por nós. (Marcel Proust)

Abraços e muita paz!

Vida e intransferível sabedoria do ser Vida e intransferível sabedoria do ser Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on fevereiro 27, 2016 Rating: 5
Nenhum comentário: