Tributo aos jovens de cabelos brancos

Tributo aos idosos
Um tributo aos jovens de cabelos brancos. Podemos encontrar falhas nos atos dos demais e nos nossos, mas em vez de distribuir censuras ou culpas pessoais, devemos agir no sentido de eliminá-las. A censura é o imposto da inveja sobre o mérito. E a inveja, que abrevia ou suprime os elogios, é sempre minuciosa e prolixa na sua crítica e censura. O ancião merece respeito não pelos cabelos brancos ou pela idade, mas pelas tarefas e empenhos, trabalhos e suores do caminho já percorrido na vida.

A cobrança sem fundamento

Somos em geral demasiadamente prontos para a censura, e demasiadamente tardos para o louvor: o nosso amor-próprio parece exaltar-se com a censura que fazemos, e humilhar-se com o louvor que damos. Os velhos invejam a saúde e vigor dos moços, estes não invejam o juízo e a prudência dos velhos: uns conhecem o que perderam, os outros desconhecem o que lhes falta. (Marquês de Maricá)

O mundo em que vivemos é uma máquina complexa, cheia de energias, repleta de cobranças e de mistérios. A cobrança em demasia ou sem fundamento rouba-nos tempo precioso e desestabiliza nossa harmonia interna, gerando muitas vezes um certo estresse desnecessário.
A reação natural à hostilidade é a hostilidade. Ainda assim, muito da hostilidade que encontramos se deve à ignorância e à incompreensão.

A arrôgancia de um jovem

A arrogância de um jovem

Um jovem muito arrogante, que estava assistindo a um jogo de futebol, tomou para si a responsabilidade de explicar a um senhor já maduro, próximo dele, porque era impossível a alguém da velha geração entender esta geração.

"Vocês cresceram em um mundo diferente, um mundo quase primitivo!", o estudante disse alto e claro de modo que todos em volta pudessem ouvi-lo.

"Nós, os jovens de hoje, crescemos com internet, celular, televisão, aviões a jato, viagens espaciais, homens caminhando na Lua, nossas espaçonaves tendo visitado Marte. Nós temos energia nuclear, carros elétricos e a hidrogênio, computadores com grande capacidade de processamento e..." - fez uma pausa para tomar outro gole de cerveja.

O senhor se aproveitou do intervalo do gole para interromper a liturgia do estudante em sua ladainha e disse:

- Você está certo, filho. Nós não tivemos essas coisas quando éramos jovens por que estávamos ocupados em inventá-las.
E você, um rapaz arrogante dos dias de hoje, o que está fazendo para a próxima geração?
Foi aplaudido ruidosamente!

A censura que se pratica sobre as obras alheias não determina necessariamente a produção de obras melhores. (Bernard Fontenelle)

Beleza e sabedoria dos mais velhos

Amadurecimento e sabedoriaAssim como os picos cobertos de neves são bonitos, o cabelo branco da velhice também tem a sua beleza. Não apenas beleza, mas sabedoria também, de que nenhum jovem pode se vangloriar. (Osho)

Até onde você vai à vida depende de ser terno com os jovens, compadecido com os idosos, simpático com os esforçados e tolerante com os fracos e fortes. Porque em algum momento da vida você vai descobrir que já foi tudo isso. (George Washington)

Melhorar o mundo é melhorar os seres humanos. A compaixão é a compreensão da igualdade de todos os seres, é o que nos dá força interior. Se só pensarmos em nós mesmos, nossa mente fica restrita. Podemos nos tornar mais felizes e, da mesma forma, comunidades, países, um mundo melhor. A essência de toda a vida espiritual é a emoção que existe dentro de você, é a sua atitude para com os outros. (Dalai Lama)

Censura contra os mais velhos

Abraços e muita paz!

Tributo aos jovens de cabelos brancos Tributo aos jovens de cabelos brancos Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on maio 12, 2015 Rating: 5
Nenhum comentário: