Renunciar também faz parte da vida

Renunciar faz parte da estrada
Renunciar também faz parte da vida, muitas vezes temos que tomar decisões que não nos agradam, mas que são necessárias para satisfazer o coletivo, a família, os amigos... Nem sempre podemos satisfazer todas as nossas vontades, algumas vezes as obrigações são mais importantes, falam mais alto e temos que abdicar e seguir. Se esta renúncia for feita com consciência, com otimismo e amor, não vai causar nenhum transtorno emocional ou existencial. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros.

Constantemente acontecem coisas que nos desagradam, ou somos obrigados a fazer coisas que detestamos ou a deixar de fazer coisas que adoramos.
Existem dias em que temos de renunciar a fazer algo que planejamos para comparecer a algum compromisso da família, como não ir ao cinema no último dia em que o filme está em cartaz, para ir ao aniversário de uma tia.
Ou por causa da escola, como não sair com a turma para poder estudar para uma prova muito difícil...
Cada escolha é uma renúnciaAs coisas funcionam assim, para qualquer ser humano: às vezes, as pessoas em volta se acomodam às nossas vontades e, às vezes, nós é que precisamos nos acomodar às necessidades de um dado momento ou de outra pessoa.
O que é curioso é que muitas pessoas, mesmo não sendo mais bebês, não compreenderam isto ainda: continuam chorando ou gritando, quando qualquer uma de suas mínimas vontades não é satisfeita. Parecem bebezões! Se não choram escandalosamente, para não dar vexame, pelo menos fazem biquinho e ar de contrariedade...
É lógico que é importante podermos fazer nossa vontade, até lutar por isso. Mas também é importante saber compreender quando é preciso ceder por uma razão mais séria, e a capacidade de perceber isto nos ajuda muito, em nossas vidas.
Uma das coisas que torna estes momentos mais difíceis, é que pode bater aquela sensação de que ninguém liga pro que queremos. Mas se pensar um pouco, vai ver que as pessoas que o amam vem tentando fazer coisas que agradam, em outras ocasiões; e que elas terão inúmeras outras chances de fazê-lo.
Na verdade, fazer algo pelo próximo pode nos dar uma sensação muito mais agradável que fazer algo por nós mesmos. Sim, você pode descobrir que a vida reserva grandes alegrias, também aos que renunciam a um de seus momentos de lazer pela dedicação a um ideal ou para oferecer ajuda a alguém mais além de si próprio. (Rita Foelker)

A vida e as renúnciasNa vida, não vale tanto o que temos nem tanto importa o que somos. Vale o que realizamos com aquilo que possuímos e, acima de tudo, importa o que fazemos de nós.
Está à tua disposição a potência, o poder de bem realizar, de vencer adversidades, reduzir atritos, convencer nos negócios honestos, melhorar de emprego, ampliar amizades, obter a paz no lar e tudo mais.
Quanto mais te convences de que podes ser feliz, de que tens em ti os atributos da paz, ação, resistência e amor, mais as facilidades chegam a ti. No entanto, se preferes viver em lamentações, na recusa à prática do bem ou no cultivo de vícios, ergues, desnecessariamente, barreiras a ti mesmo.
Crê em ti mesmo, age e verá os resultados. Quando te esforças, a vida também se esforça para te ajudar. (Francisco Cândido Xavier)

O pensamento positivo pode vir naturalmente para alguns, mas também pode ser aprendido e cultivado, mude seus pensamentos e você mudará seu mundo. (Norman Vincent Peale)


Todas as escolhas têm perdas

Abraços e muita paz!

Renunciar também faz parte da vida Renunciar também faz parte da vida Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on novembro 21, 2014 Rating: 5
6 comentários:
  1. Jorge Lucena · Ginásio Pernambucano
    PURA VERDADE, UM FORTE ABRAÇO MEU AMIGO E IRMÃO.!!!
    Curtir · Responder · Moderado · Publicly Visible · Seguir publicação · há 11 horas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, meu caro amigo Jorge Lucena!!!
      Obrigado, fico muito feliz com sua participação, comentário, apoio e carinho, valeu mesmo!!!
      Tenha um excelente e abençoado final de semana!!!
      Que Deus também te abençoe sempre!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir
  2. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    Maravilhoso texto .Precisamos mesmo fazer muitas renuncias, a vida nos pede sacrifícios.. Quantas renuncias pelos entes amados, família, amigos. Que Deus nos fortaleça sempre no Amor Fraternal, no irmão de caminhada. Feliz e Sereno final de Semana.
    Curtir · Responder · Moderado · Publicly Visible · Deixar de seguir a publicação · 21 de novembro às 21:51

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Pois é, as renuncias também fazem parte da vida, em muitas coisas precisamos ceder, sempre em favor das pessoas que nos cercam.
      Obrigado, minha querida amiga, que bom que gostou do texto, fico muito feliz com sua presença, comentário, apoio e carinho, valeu!!!
      Tenha um lindo e abençoado domingo!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir
  3. MimiJak Mimi · Seguir · Quem mais comentou · FURB
    Renunciar é tomar decisões, pois à cada vez que Você faz escolhas, automaticamente renuncia à outro caminho. Decisão é sempre estar renunciando à "A" ou "B"...Quase tornando-se um circulo vicioso,..
    Descurtir · 1 · Responder · Moderado · Publicly Visible · Deixar de seguir a publicação · há 2 horas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, querida amiga MimiJak Mimi!!!
      Sim, querida amiga, a cada escolha se tem uma perda. Decidir é sempre renunciar alguma coisa para ficar com outra... assim é a vida.
      Obrigado, querida amiga, fico muito feliz com sua presença, com seu rico comentário, com seu apoio e carinho, valeu!!!
      Seja sempre muito bem-venda por aqui!!!
      Tenha um lido e feliz domingo!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir