Vida verdadeira e as perdas inevitáveis


A vida e as perdas inevitáveis

A vida verdadeira e as perdas inevitáveis. Existe algo que você precisa saber antes de qualquer coisa: você não pode errar o tempo todo. Mas perder na vida é inevitável. É impossível viver sem falhar em algo. A não ser que você viva com tanta prudência que, no final, você nem mesmo terá vivido. E nesse caso, você já falhou.

Obter um fracasso tem como consequência obter alguma experiência. Não se pode ter medo de tentar porque da possibilidade de algo dar errado, é preciso encarar a vida da maneira como ela se apresenta: com suas dificuldades e seus empecilhos constantes.

Porque esse é o mundo dos desafios, precisa-se de pessoas que saibam ser desafiadas e que estejam dispostas a desafiar. É uma batalha árdua acordar todos os dias e se deparar com o mundo superlotado de injustiças e perigos.


Vida e sobrevivência a tudo ruim

Em nossas vidas, as perdas são inevitáveis. A felicidade reside na nossa adaptabilidade em sobreviver a tudo de ruim. (Buda)

É preciso ter consciência das armadilhas que o mundo oferece, mas é ainda mais preciso não se intimidar com elas. Você precisa administrar o seu psicológico, ser o único responsável por ele. Afinal, é você quem comanda a sua própria vida.

Os recursos externos que você tem são fundamentais para que você sobreviva, mas nada supera os seus recursos mentais, porque são eles que te conduzem tanto internamente quanto externamente.

A sua mente é fundamental porque são seus pensamentos que te movem, se você tiver uma mente boa você saberá reagir bem, caso contrario comece a investir nela para não perder o melhor da vida.

Você trava uma batalha com sua mente todos os dias.
Todos os dias você precisa lidar com o caos, os estresses, as contradições, as influencias, as criticas, os milhares de sentimentos, as dúvidas, as indecisões, as preocupações, até mesmo a própria vida.

O mundo pode enlouquecer uma pessoa que não sabe controlar a própria mente. Algumas vezes na vida passamos por momentos difíceis e para a maioria esses momentos parecem apenas fracassos.

O que dizer sobre fracassos?

Eles existem para todos, mas só sobrevivem para aqueles que permitem. Apenda a derrotar o seu fracasso antes que ele derrote você. A questão não está em nunca falhar, a questão está em viver as falhas e saber o que fazer com elas, em saber como conduzir a sua vida depois que se aprendeu uma lição.

Se uma pessoa tem um problema e se martiriza o tempo inteiro, perderá o tempo reclamando e não encontrará solução nenhuma para mudar a situação. Essas são as pessoas que não saem do lugar, porque estão estabilizadas nas suas dificuldades.

Quando alguém reclama demais e não faz nada para mudar a sua situação, acaba perdendo a visão para as boas oportunidades. Quando uma pessoa se prende a algo que não faz bem, ela automaticamente está criando uma barreira para viver algo que a faça realmente feliz.

Na vida é preciso saber abrir mão, é preciso reconhecer quando você está no caminho errado, é preciso saber tomar as escolhas certas e tomar outra direção se for preciso.

Claro que isso pode te custar alguma dor, mas ela será temporária. Você precisa deixar algumas coisas para trás e você sabe muito bem o que precisa deixar de lado. Admita para si mesmo que determinada coisa não merece estar em sua vida e se livre dela o quanto antes. Faça isso a partir do princípio de que você merece apenas o melhor.

O problema é que as pessoas tem medo do que vão perder e esquecem que para ganhar algo melhor é necessário deixar sempre alguma coisa para trás. E nesse caso, se você conquista algo melhor você não estará perdendo nada, não será prejuízo, será lucro.

É preciso ter ambição sobre os seus sonhos, é preciso desejar que você suba de degrau, é preciso querer crescer, evoluir, ir além. Não se preocupe com as mudanças, se preocupe se nada mudar.

Não se estabilize, você sabe que pode mais, que merece mais, então tome essa consciência e administre as suas prioridades, faça as coisas que você quer fazer e nunca desista dos seus objetivos.

Não tenha medo de seguir em frente e aprenda porque não vale a pena olhar para trás. Porque no momento que você olha para trás você sabe simplesmente o que viveu, mas no momento que você olha para frente você sabe o que está vivendo.

Precisa-se de pessoas que saibam viver o agora. O presente é a sua maior oportunidade, faça por merecer. (Brilhando em vida)

Abraços e muita paz!

Vida verdadeira e as perdas inevitáveis Vida verdadeira e as perdas inevitáveis Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on junho 04, 2017 Rating: 5
Nenhum comentário: