Vida e o valor da libertação do ego

Vida e necessidade de libertação do ego
A vida e o valor da libertação do ego. É sabido que somente a luz da consciência pode nos libertar do ego, ele é o núcleo da personalidade de uma pessoa. É o "eu" de cada individuo.

O valor do homem é determinado, em primeira linha, pelo grau e pelo sentido em que se libertou do seu ego.

O ego não pode ser destruído, pois é importante para o nosso desenvolvimento psicológico, mas podemos controlá-lo, nos libertar de grande parte de sua influência, principalmente a parte da individualidade, o só "eu".

Vida e o ego que machuca

É o ego que dá-lhe feridas e te machuca. É o ego que faz você, violento, com raiva, ciúmes, competitivo. É o ego que é continuamente o sentido miserável da vida. (Osho)

O ego e a liberdade do homem
A vida não dá e nem empresta, não se comove e nem se apieda. Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.

Não tentes ser bem sucedido, tenta antes ser um homem de valor. Somente seres humanos excepcionais e irrepreensíveis suscitam ideias generosas e ações elevadas.

Não creio, no sentido filosófico do termo, na liberdade do homem. Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior, mas também de acordo com uma necessidade interior.

A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso passará pela vida sem ver nada.

O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência.

E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas.

Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza.

Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior.

O homem erudito é um descobridor de fatos que já existem - mas o homem sábio é um criador de valores que não existem e que ele faz existir.

Dificuldades e obstáculos são fontes valiosas de saúde e força para qualquer sociedade. Grandes almas sempre encontraram forte oposição de mentes medíocres.

Não se deve ir atrás de objetivos fáceis, é preciso buscar o que só pode ser alcançado por meio dos maiores esforços.

Nossa tarefa deveria ser nos libertarmos... aumentando o nosso círculo de compaixão para envolver todas as criaturas viventes, toda a natureza e sua beleza.

Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor lembre-se: se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor com ele você conquistará o mundo. (Texto montado com frases de Albert Einstein)

O amor é fundamental. O amor é o principio, é o êxtase, é a eliminação do ego, é quando você enxerga o outro não como um jogador. É quando você começa a olhar junto para as mesmas coisas, com a mesma delicadeza, e as coisas ficam tão melhores com o amor. O amor é fundamental. O amor é a primeira coisa. É o começo do resto. (Fernanda Young)

Abraços e muita paz!

Vida e o valor da libertação do ego Vida e o valor da libertação do ego Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on setembro 18, 2016 Rating: 5
Nenhum comentário: