A vida e o idealismo nobre

Vida e o idealismo nobre
A vida carece de ideias e ações. A maior razão do nosso viver é justamente a realização do nosso idealismo nobre, é ele o mais importante alimento de nossa alma. Uma mente nobre sempre busca o crescimento com base nas boas virtudes e na paz. 

Seja o personagem mais importante de sua história, seja o protagonista de sua vida, não permita que os antagonistas interfiram em seus objetivos e ações.

Esteja atento ao texto do seu próprio teatro, Assuma o papel de protagonista e não tenha medo dos desafios, caras feias, invejas, não tema qualquer vilão, acredite em si mesmo! (Luy Davis)

Vida e o reino dividido

Assim como todo o reino dividido é desfeito, toda a inteligência dividida em diversos estudos se confunde e enfraquece. (Leonardo da Vinci)

A mensagem é clara: não sacrifique o dia de hoje pelo de amanhã. Se você se sente infeliz agora, tome alguma providência agora, pois só na sequência dos "agoras" é que você existe. (Clarice Lispector)

A vida Ensina
Se você pensa que sabe; que a vida lhe mostre o quanto não sabe.

Se você é muito simpático, mas leva meia hora para concluir seu pensamento; que a vida lhe ensine que explica melhor o seu problema, aquele que começa pelo fim.

Se você faz exames demais; que a vida lhe ensine que doença é como esposa ciumenta: se procurar demais, acaba achando. Se você pensa que os outros é que sempre são isso ou aquilo; que a vida lhe ensine a olhar mais para você mesmo.

Se você pensa que viver é horizontal, unitário, definido, monobloco; que a vida lhe ensine a aceitar o conflito como condição lúdica da existência. Tanto mais lúdica quanto mais complexa.

Tanto mais complexa quanto mais consciente. Tanto mais consciente quanto mais difícil.

Tanto mais difícil quanto mais grandiosa. Se você pensa que disponibilidade com paz não é felicidade; que a vida lhe ensine a aproveitar os raros momentos em que ela (a paz) surge.

Que a vida ensine a cada menino a seguir o cristal que leva dentro, sua bússola existencial não revelada, sua percepção não verbalizável das coisas, sua capacidade de prosseguir com o que lhe é peculiar e próprio, por mais que pareçam úteis e eficazes as coisas que a ele, no fundo, não soam como tais, embora façam aparente sentido e se apresentem tão sedutoras quanto enganosas. Que a vida nos ensine, a todos, a nunca dizer as verdades na hora da raiva.

Que desta aproveitemos apenas a forma direta e lúcida pela qual as verdades se nos revelam por seu intermédio; mas para dizê-las depois. Que a vida ensine que tão ou mais difícil do que ter razão, é saber tê-la. (Artur da Távola)


Lembre-se de que você mesmo é o melhor secretário de sua tarefa, o mais eficiente propagandista de seus ideais, a mais clara demonstração de seus princípios, o mais alto padrão do ensino superior que seu espírito abraça e a mensagem viva das elevadas noções que você transmite aos outros.

Não se esqueça, igualmente, de que o maior inimigo de suas realizações mais nobres, a completa ou incompleta negação do idealismo sublime que você apregoa, a nota discordante da sinfonia do bem que pretende executar, o arquiteto de suas aflições e o destruidor de suas oportunidades de elevação - é você mesmo. (Francisco C. Xavier)

Abraços e muita paz!

A vida e o idealismo nobre A vida e o idealismo nobre Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on agosto 13, 2016 Rating: 5
2 comentários:
  1. A vida é uma escola com todos os ensinamentos.Bom dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, querida amiga!!!
      Sim, a vida é uma grande e infalível escola.
      Obrigado querida amiga, fico muito feliz com sua presença, participação e comentário, valeu!!!
      Tenha uma excelente e abençoada semana!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir