A vida e os vencedores e perdedores

A vida e os momentos bons e ruins
A vida não é fácil para ninguém, vivemos em constantes experiências que distinguem os momentos vencedores e perdedores. A trajetória é distinta, passamos por momentos de felicidade, de aventura, de superação, de sucesso, mas também perdemos, passamos pela tristeza, pelo drama, pela tragédia e monotonia no trajeto.

Assim é a vida real, fabricada de momentos distintos, uns bons, alguns insignificantes e outros ruins. A vida nunca segue nossa vontade, portanto, como cita Augusto Cury: "Procure a sabedoria e aprenda a escrever os capítulos mais importantes de sua história nos momentos mais difíceis de sua vida". (Doando Vida)

A vida ensina ao longo de sua trajetória, que muitas vezes no decorrer da nossa existência temos que perder para poder ganhar, só desta forma que vamos realmente valorizar tudo que podemos ter e não abrir mão do que temos, a conquista diária é que fortalece as relações. (Yhulds Bueno)

A verdadeira medida de um homem não se vê na forma como se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas em como se mantém em tempos de controvérsia e desafio. (Martin Luther King)

Momentos bons e ruins da vida
Momentos bons e ruins fazem parte da vida.
A diferença é que um marca e o outro ensina.
Que sejamos capazes de enxergar algo de bom em cada momento da vida!

Vida e a sabedoria nas escolhas
Você pode nem acreditar, mas neste momento existe alguém que gostaria de estar exatamente no teu lugar.

Tudo bem, talvez você não tenha a família perfeita ou o emprego dos seus sonhos. O lugar em que você vive pode não ser o melhor lugar do mundo, talvez você nunca tenha feito algo que você realmente quis ou que fosse significante, mas lembre-se: você sempre pode mudar isso. É uma questão de escolha – e toda escolha demanda sabedoria.

Muito do sentimento de vazio que porventura te assalta também é um problema de sabedoria: falta discernimento para compreender e reconhecer o bem que há em teu estado e, acredite, você ama o lugar em que você vive, por mais que isto não pareça verdade.

A vida não é fácil; acostumem-se a isso.
O mundo não está preocupado com a vossa autoestima. O mundo espera que vocês façam alguma coisa útil por ele antes de vocês se sentirem bem convosco próprios.

Vocês não vão ganhar 5000 euros por mês assim que saírem da Universidade. Vocês não serão diretores de uma empresa com carro e telefone à disposição, antes de terem conseguido comprar o seu próprio carro e telefone.

Se vocês acham que os vossos professores são rudes, esperem até terem um chefe. Ele não vai ter pena de vocês.

Vender jornais velhos ou trabalhar nas férias não está abaixo da vossa posição social. Os vossos avós têm uma palavra diferente para isso: a “isso” chamam oportunidade.

Se vocês fracassarem, a culpa não é dos vossos pais. Por isso não os culpem dos vossos erros, aprendam com eles.

Antes de vocês nascerem, os vossos pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagarem as vossas contas, lavarem as vossas roupas.

Antes de quererem salvar o planeta para a próxima geração, desejando consertar os erros da geração dos vossos pais, tentem limpar o vosso próprio quarto.

A vossa escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas vocês não chumbam mais de um ano e têm tantas chances quantas vocês precisarem até acertar. Isto não tem nada a ver com a vida real. Se pisarem o risco, são despedidos… Façam bem à primeira!

A vida não está dividida em semestres. Vocês não terão sempre os verões livres e é pouco provável que os outros empregados vos ajudem a cumprir as vossas tarefas no fim de cada período.

A televisão não é a vida real. Na vida real, as pessoas têm que largar o “barzinho” ou a boate e ir trabalhar.

Seja simpático com os “estudiosos” - aqueles estudantes que muitos julgam que são uns idiotas. Existe uma grande probabilidade de vocês virem um dia a trabalhar para eles. (Charles Sykes)

Sua vida pode ser uma comédia, uma aventura ou uma história de superação, sucesso e amor. Mas pode ser também um drama, uma tragédia ou a monotonia da não mudança.

Porque todos nós temos tudo isso em nossas vidas. O que muda é como editamos, em quais experiências mantemos o foco e sobre o que falamos.

Fale do drama, e sua vida será um drama. Fale da aventura e a mesma vida será deliciosa. (Aldo Novak)

Em meio à tempestade, o melhor a fazer é enfrentar as ondas e se mostrar mais valente que elas. (Vilmar Becker)

Abraços e muita paz!

A vida e os vencedores e perdedores A vida e os vencedores e perdedores Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on fevereiro 01, 2016 Rating: 5
2 comentários:
  1. Quantas orientações de Vida. Muito Bom...Que sejamos mesmo capazes de enxergar algo de bom em cada momento da Vida. Deus nos colocou em lugar certo para nossa evolução. Cabe a nós usarmos criatividade para usufruirmos das oportunidades. Atitudes sábias e positivas sempre. Muita Paz para VC também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, querida amiga Eloiza!!!
      É isto, precisamos aprender a enxergar a vida com bons olhos, encontrar em todos os momentos algo de bom. Sim, a criatividade positiva ajuda muito na escolha das boas oportunidades da vida.
      Obrigado querida amiga, que bom que gostou da postagem, fico muito feliz com sua presença e participação, valeu!!!
      Tenha um dia maravilhoso e repleto de boas oportunidades!!!
      Abraços com carinho e muita paz!!!

      Excluir