Vida e sábia verdade de Mullah Nasrudin

Vida e a real verdade de Mullah Nasrudin
O que é a verdade? Segundo o filósofo e sábio populista, chamado Mullah Nasrudin, na vida existem dois tipos de verdade, a verdade de Deus e a verdade do nosso cotidiano. A verdade de Deus é absoluta e a nossa é a relativa. Nasrudin dizia ao povo que não existe conhecimento sem dificuldade, verdade sem falsidade, realização sem esforço, progresso sem sacrifício.

Mullah Nasrudin (em turco: Nasreddin Hoca) foi um seljúcida satírico sufi, acredita-se que viveu e morreu durante o século XIII em Akshehir, perto de Konya, capital do Sultanato de Rum Seljuk, na atual Turquia. Ele é considerado um filósofo e sábio populista, lembrado por suas histórias pautadas no humor.

As histórias de Nasrudin são conhecidas em todo o Oriente Médio e tocaram as culturas ao redor do mundo. Ele aparece em milhares de histórias, às vezes espirituoso, às vezes sábio. Geralmente, as histórias de Nasrudin possuem um humor sutil e uma natureza pedagógica.

Vida e os donos da verdade

Vida e a definição lógica da verdade
A palavra verdade pode ter vários significados, desde “ser o caso”, “estar de acordo com os fatos ou a realidade”, ou ainda ser fiel às origens ou a um padrão. Usos mais antigos abrangiam o sentido de fidelidade, constância ou sinceridade em atos, palavras e caráter.

Assim, "a verdade" pode significar o que é real ou possivelmente real dentro de um sistema de valores. Esta qualificação implica o imaginário, a realidade e a ficção, questões centrais tanto em antropologia cultural, artes, filosofia e a própria razão.

Como não há um consenso entre filósofos e acadêmicos, várias teorias e visões a cerca da verdade existem e continuam sendo debatidas. (Wikipédia)

Vida e os donos da verdade
Na vida, apenas uma coisa é certa, além da morte e dos impostos. Não importa o quanto você tente, não importa se são boas suas intenções, você cometerá erros.

Você irá machucar pessoas. E se machucar. E se algum dia você quiser se recuperar... Há apenas uma coisa que pode ser dita... Esquecer e perdoar. É isso que dizem por aí.

É um bom conselho, mas não muito prático. Quando alguém nos machuca, queremos machucá-los de volta. Quando alguém erra conosco, queremos estar certos, donos da verdade. (Grey's Anatomy)

Mullah Nasrudin e os dois tipos de verdade
Certa vez, o Mullah Nasrudin se tornou conselheiro de um rei, que vivia se queixando do mau hábito de seus súditos, de contar mentiras.

Ele pediu a Nasrudin que o ajudasse a pensar numa maneira de corrigir os seus súditos, mas o Mullah disse: - Majestade, existem dois tipos de verdade, a verdade de Deus e a verdade do nosso cotidiano.

Os seres humanos deveriam começar buscando a primeira, para só então falar a segunda. Mas como invertem o processo, acabam adquirindo o hábito de moldar a verdade de acordo com a sua conveniência, pois sabem, por instinto, que é uma verdade relativa.

O rei não gostou muito dessa explicação, muito filosófica, e disse: - Ou uma afirmação é verdadeira, ou é falsa! Amanhã mesmo vou começar a fazer o meu povo dizer a verdade!

As leis não fazem com que as pessoas fiquem melhores - disse Nasrudin ao Rei.
- Elas precisam, antes, praticar certas coisas de maneira a entrar em sintonia com a verdade interior, que se assemelha apenas levemente à verdade aparente.

O Rei, no entanto, decidiu que ele poderia, sim, fazer com que as pessoas observassem a verdade, que poderia fazê-las observar a autenticidade - e assim o faria.

O acesso a sua cidade dava-se através de uma ponte. Sobre ela, o Rei ordenou que fosse construída uma forca.

Quando os portões foram abertos, na alvorada do dia seguinte, o Chefe da Guarda estava a postos em frente de um pelotão para testar todos os que por ali passassem.

Um edital fora imediatamente publicado: "Todos serão interrogados. Aquele que falar a verdade terá seu ingresso na cidade permitido. Caso mentir, será enforcado."

Nasrudin, na ponte entre alguns populares, deu um passo à frente e começou a cruzar a ponte.
- Onde o senhor pensa que vai? - Perguntou o Chefe da Guarda.
- Estou a caminho da forca - respondeu Nasrudin, calmamente.
- Não acredito no que está dizendo!
- Muito bem, se eu estiver mentindo, pode me enforcar.

- Mas se o enforcarmos por mentir, faremos com que aquilo que disse seja verdade!
- Isso mesmo - respondeu Nasrudin, sentindo-se vitorioso.
- Agora vocês já sabem o que é a verdade: é apenas a sua verdade.
(Khawajah Nasr Al-Din - Mullah Nasrudin)

A verdade é filha do tempo, e não da autoridade. (Galileu Galilei)

Mantenha seu coração e sua mente na direção certa e não terá que se preocupar com seus pés.



Abraços e muita paz!

Vida e sábia verdade de Mullah Nasrudin Vida e sábia verdade de Mullah Nasrudin Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on dezembro 05, 2015 Rating: 5
2 comentários:
  1. Gostei muito deste texto, para muita reflexão. Concordo com a verdade absoluta de DEUS e a relativa dos homens. Façamos sempre o melhor. Caminhada de muita Luz para VC!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, querida amiga Eloiza!!!
      Sim, somos seres imperfeitos, mas podemos sempre tentar fazer o melhor.
      Obrigado, que bom que gostou do texto, fico muito feliz com sua presença, participação,e carinho de sempre, valeu!!!
      Uma caminhada de muita Luz para você também!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir