As figurativas asas da vida e esperança

As simbólicas asas da vida e esperança
As figurativas ou simbólicas asas são de extrema importância para a vida humana, são elas a esperança de dias melhores e mais felizes. Alguns dizem que a esperança é apenas uma ilusão, mas acredito que é ela que mostra o horizonte sem fim da imaginação humana, sustentam os nossos sonhos. São as asas o nosso ponto de apoio cotidiano para um futuro melhor.

Os sonhos são necessários para dar sentido à vida, são eles os responsáveis pela grande maioria de nossas realizações. Uma frase de Augusto Cury define muito bem essas asas da ilusão, diz mais ou menos o seguinte: São as ilusões que sustentam a vida e a alma, assim como as asas sustentam o pássaro. (Doando Vida)

Vida e as asas da felicidade
    
A esperança tem asas. Faz a alma voar. Canta a melodia mesmo sem saber a letra. E nunca desiste. Nunca. (Emily Dickinson)



A vida e a importância das asas e raízes
            
Bendito aquele que consegue dar aos seus filhos asas e raízes, diz um provérbio.
Precisamos das raízes: existe um lugar no mundo onde nascemos, aprendemos uma língua, descobrimos como nossos antepassados superavam seus problemas. Em um dado momento, passamos a ser responsáveis por este lugar.

Precisamos das asas. Elas nos mostram os horizontes sem fim da imaginação, nos levam até nossos sonhos, nos conduzem a lugares distantes. São as asas que nos permitem conhecer as raízes de nossos semelhantes, e aprender com eles.
Bendito quem tem asas e raízes; e pobre de quem tem apenas um dos dois. (Paulo Coelho)


Vida e as asas da felicidade
          
Assim como não concebia uma felicidade sobre-humana, também não conseguia conceber uma eternidade além da curva dos dias. A felicidade era humana e a eternidade quotidiana. Tudo resumia em saber humilhar-se, harmonizar o coração ao ritmo dos dias, em vez de obrigá-los a seguir a curva de nossa esperança.

Da mesma forma que é necessário, em arte, saber parar, pois chega sempre um momento em que uma escultura não deve ser mais tocada, e que, para isso, a vontade da inteligência serve melhor ao artista do que os mais amplos recursos da clarividência, assim também é necessário um mínimo de inteligência para se conseguir uma existência feliz. E quem não a tiver, tem de conquistá-la.

Já se disse que as grandes ideias vêm ao mundo mansamente, como pombas. Talvez, então, se ouvirmos com atenção, escutaremos, em meio ao estrépito de impérios e nações, um discreto bater de asas, o suave acordar da vida e da esperança.

Alguns dirão que tal esperança, jaz numa nação; outros, num homem. Eu creio, ao contrário, que ela é despertada, revivificada, alimentada por milhões de indivíduos solitários, cujos atos e trabalho, diariamente, negam as fronteiras e as implicações mais cruas da história.

Como resultado, brilha por um breve momento a verdade, sempre ameaçada, de que cada e todo homem, sobre a base de seus próprios sofrimentos e alegrias, constrói para todos.

Não há grandes dores, nem grandes arrependimentos, nem grandes recordações. Tudo se esquece, até mesmo os grandes amores. É o que há de triste e ao mesmo tempo de exaltante na vida.

Há apenas uma certa maneira de ver as coisas, e ela surge de vez em quando. É por isso que, apesar de tudo, é bom ter tido um grande amor, uma paixão infeliz na vida. Isso constitui pelo menos um álibi para os desesperos sem razão que se apoderam de nós.

É o prazer de viver que dispersa, suprime a concentração, paralisa todo o impulso para a grandeza. Mas sem prazer de viver... Não, a solução não existe... A menos que seja uma solução fazer de um grande amor uma raiz e nele encontrar a fonte de vida sem o castigo da dispersão.

Quando procuro o que há de fundamental em mim, é o gosto da felicidade que eu encontro.
Vou-lhe dizer um grande segredo, meu caro. Não espere o juízo final. Ele realiza-se todos os dias. (Albert Camus)

Seja como os pássaros que, ao pousarem um instante sobre ramos muito leves, sentem-nos ceder, mas cantam! Eles sabem que possuem asas. (Victor Hugo)



Abraços e muita paz!

As figurativas asas da vida e esperança As figurativas asas da vida e esperança Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on dezembro 01, 2015 Rating: 5
2 comentários:
  1. Lindo texto... Que a Esperança esteja sempre presente em nossas vidas. Precisamos desta espera por momentos melhores, que a vida nos acalme as boas lembranças ... e faça esquecer das que nos fizeram sofrer. Que a serenidade te faça companhia...e a Esperança o faça sorrir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, querida amiga Eloiza!!!
      Sim, que a esperança e a fé estejam sempre presentes em nossas vidas.
      Obrigado, que bom que gostou do texto, fico muito feliz com sua presença e participação, valeu!!!
      Tenha um domingo maravilhoso e abençoado!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir