A cebola e seus benefícios para a saúde

Benefícios da cebola para saúde
A cebola é um santo remédio, possui ricos benefícios para a nossa saúde. A cebola é amplamente utilizada para temperos, a cebola é ótima para a elaboração de diversos pratos, como: sopas, suflês, patês e purês. Mas não é só isso, a cebola é um alimento excelente para prevenção de várias doenças. A cebola é rica em vitaminas, como: C, B1, B2, B3 e E, contém muitos sais minerais, como: fósforo, enxofre, silicatos, ferro, cálcio, sódio, magnésio, iodo, flúor e magnésio. Por isso, tem diversas propriedades benéficas à saúde, sendo seu uso diário preventivo de várias doenças e incômodos de nosso organismo.

A cebola já é considerada um alimento funcional. A alimentação é de vital importância para a sobrevivência do ser humano, pois é a partir dela que ingerimos os nutrientes essenciais para que as atividades metabólicas sejam realizadas. É sabido que uma alimentação saudável ajuda muito na prevenção de várias doenças.

Ricos benefícios da cebola

A cebola possui importância simbólica em algumas culturas e cultos espalhados pelo mundo, tendo sido inclusive objeto de culto em uma seita.
Ramakrishna compara a estrutura folhada do bulbo, que não chega a nenhum núcleo, à própria estrutura do ego, que a experiência espiritual debulha camada por camada até a vacuidade. A partir daí nada mais constitui obstáculo ao espírito universal, à fusão com Brama.

No plano mágico os egípcios se protegiam de certas doenças com hastes de cebola.
Os latinos, segundo Plutarco, proíbiam o uso do bulbo, porque acreditavam que ele crescia quando a Lua diminuía. Quanto ao cheiro, provocava um sentimento de força vital.

Outra curiosidade é que na antiguidade os faraós eram enterrados com cebolas, pois era considerado um sinal de eternidade. Também já foi utilizada como moeda.

Virtudes afrodisíacas lhe são igualmente atribuídas, tanto por sua composição química quanto por suas sugestões imaginativas. (Jean Chevalier e Alain Cheerbrant)

Benefícios da cebola

Curiosidades sobre a cebolaPrevine a anemia. Um benefício que a cebola apresenta é a de antianêmica, afinal, ela nos oferece fósforo, ferro e vitamina E. Desse modo, ajuda o organismo na reposição de sangue e regeneração dos glóbulos vermelhos.

Ajuda a controlar a hipertensão
Outro elemento que a cebola contém e que exerce influências positivas em nossa saúde é o potássio. O potássio é o responsável pela capacidade que a cebola tem de ajudar na eliminação do excesso de líquidos e diminuição dos riscos de sofrermos de gota, hipertensão e cálculos renais.

Ajuda a aliviar o resfriado
Por ser rica em vitaminas A e C, ideais para aliviar sintomas de problemas respiratórios, os óleos essenciais que possui, devido ao seu teor de enxofre, dão à cebola a capacidade de diminuir os sintomas de doenças como a bronquite, resfriado e constipações.

Benefícios depurativos e diuréticos
O potássio e o baixo teor em sódio fazem com que a cebola ajude a evitar a retenção de líquidos, liberando as toxinas do organismo. Além disso, é benéfica para os rins e a próstata.

Previne doenças do sistema nervoso
Seu alto teor em vitamina B, potássio, elementos extremamente necessários para a transmissão e geração do impulso nervoso, e o magnésio, que melhora o funcionamento do sistema nervoso e muscular, é ideal para melhorar esse setor de nosso organismo.

Ajuda a emagrecer e controlar o peso
Cebola e a dieta alimentarA cebola é perfeita para incluírmos em nossa dieta, seja para emagrecimento ou por uma questão de cuidado com a saúde.

Devido ao seu baixo valor calórico e seu alto teor em fibra, é ideal numa dieta de emagrecimento, já que melhora o trânsito intestinal e depura, elimina as toxinas, evitando a retenção de líquidos.

Melhora a asma e inflamações
A cebola também é um bom antiasmático e antiinflamatório. O alto teor em componentes à base de enxofre.

Ação antisséptica
Se aplicada externamente, a cebola pode atuar como antisséptico natural e é capaz de diminuir inflamações renais.

Ajuda mulheres grávidas e crianças
A cebola é ideal para esse grupo de pessoas. Por quê? A resposta é simples: seu alto teor de folatos ajuda no crescimento e bom desenvolvimento do feto nas primeiras semanas de gravidez. (Melhor Com Saúde)

Propriedades das cebolas 

Os flavonóides presentes na cebola
Favonóides presentes na cebolaOs flavonóides apresentam efeitos potenciais como antioxidantes, antiinflamatório, protetor cardíaco, analgésico, antialérgico, anticâncer, antidiabético, antiúlcera, entre outros.
Sob o aspecto do efeito antioxidante, que pode ser explicado pela doação de um átomo de hidrogênio para os radicais livres, formando novos tipos de radicais livres que não são tão reativos quanto a espécie inicial. Esses radicais desempenham papel importante como, por exemplo, no combate aos micro-organismos invasores.

A quercetina presente na cebola
Quercetina é um flavonóide amplamente distribuído no reino vegetal. Trata-se de um composto polifenólico presente naturalmente em vegetais como maçã, cebola, chá e em plantas medicinais como Ginkgo biloba, Hypericum perforatum.

Atividade antioxidante da cebola
Entre as principais ações da quercetina destaca-se o seu poder de remover os radicais livres, exercendo um papel citoprotetor em situações de risco de dano celular.
A quercetina demonstrou inibir in vitro a oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) por macrófagos e reduzir a citotoxidade da LDL oxidada.

Cebola para o coração e artériasJunto com a vitamina C, a quercetina demonstrou efeitos sinérgicos na função antioxidativa. O ácido ascórbico age como um redutor da oxidação da quercetina, de maneira que combinados, a vitamina C permite uma sobrevivência maior do flavonóide para cumprir suas funções antioxidantes. Por outro lado, a quercetina protege a vitamina E da oxidação, com a qual também apresenta efeitos sinérgicos.

Atividade cardiovascular da cebola
A mesma propriedade antioxidante descrita anteriormente é suficiente para reduzir o risco de morte por doenças e danos cardíacos. Neste sentido, a quercetina demonstrou diminuir a incidência de infarto do miocárdio e derrames cerebrais em pessoas da terceira idade. As populações que consomem produtos ricos em quercetina estatisticamente apresentam menores riscos de afecções cardiovasculares.

Em ratos pode-se observar que a quercetina melhora a função contrátil do ventrículo esquerdo e reduz a incidência de transtornos da condução cardíaca. O processo limita-se à área danificada de isquemia protegendo a ultra-estrutura das artérias coronárias, melhorando a circulação coronária e prevenindo a formação de trombos intravasculares.

Por outro lado, também demonstrou efeitos vasodilatadores na aorta isolada de ratos, efeitos antitrombóticos (por uma ligação seletiva na parede plaquetária) e diminuiu as lesões de reperfusão do miocárdio.
Devido à inibição da peroxidação lipídica, a quercetina protege o endotélio da destruição local por prostaciclina e o fator de relaxamento derivado do endotélio.

Atividade antiinflamatória da cebola
Propriedades antiinflamatórias da cebolaA ação antiinflamatória que muitos flavonóides possuem relaciona-se em parte com as enzimas implicadas no metabolismo do ácido araquidônico. No mecanismo antioxidante sobre a peroxidação lipídica da quercetina, está envolvida a via do ácido araquidônico o qual implica uma atividade antiinflamatória paralela.

Atividade antitumoral da cebola
Um dos mecanismos de ação da quercetina como agente antiproliferativo de células tumorais é através de sua capacidade antimutagênica e de seu poder antioxidante.
A adição da quercetina em alguns esquemas antitumorais com drogas sintéticas tem demonstrado aumento da atividade antitumoral. Segundo especialistas, comer uma cebola por semana ajuda a prevenir o câncer.

Atividade imunológica da cebola
Diferentes estudos têm constatado o fortalecimento do sistema imunológico, em especial no trato gastrointestinal, a partir da administração de quercetina. Por exemplo, pacientes com disenteria de Flexner evidênciaram melhoras clínico-humorais significativas após receber uma combinação de quercetina e acetato de tocoferol.

Junto com o sódio tem sido demonstrado melhorar quadros de dispepsia além de evidenciar efeitos bacteriostáticos em micro-organismos patológicos do trato digestivo. Um aspecto interessante do efeito antiúlcera da quercetina é que ela inibe in vitro o crescimento de Helycobacter pylori de uma forma dose-dependente. Por outro lado, a quercetina tem demonstrado poder estabilizador nos mastócitos impedindo a ação da histamina durante as reações alérgicas e inibindo a formação de leucotrienos.

A quercetina demonstra exercer um efeito sinérgico com cromoglicato de sódio.
Também tem evidenciado um efeito antifúngico em cultivos de Candida albicans, um fungo oportunista que pode surgir em quadro de imunodepressão.

Atividade antiviral da cebola
Cebola e a propriedade antiviralA quercetina demonstrou ser um potente agente antiviral, podendo interferir com a infectividade e replicação de adenovírus, coronavírus e rotavírus em cultivos celulares.
Neste sentido, uma combinação de quercetina com rutina demonstrou reduzir a hemaglutinação, reduzindo a mortalidade de ratos infectados com o vírus influenza. (Wikipédia)

Estudos sobre a cebola

Alguns estudos têm comprovado que a cebola contém componentes capazes de reduzir risco de tumores de intestino, estômago e próstata, e age contra bactérias causadoras de cáries. Para esta eficácia, se faz necessário a ingestão de duas cebolas por semana.

Para usufruir de todos esses benefícios da cebola é preciso consumí-la crua, em saladas, purês e patês, pois os compostos bioativos presentes na cebola são sensíveis ao calor.

A recomendação de ingestão diária para que tenha os benefícios desejados é de pelo menos 50 gramas de cebola fresca.

Esse vegetal tornou-se a espécie mais estudada da família Allium nos últimos 10 anos, despertando também crescente interesse da indústria alimentícia, devido o teor dos compostos benéficos ao organismo humano.

A cebola mostra-se como um alimento promissor, que tem utilidades que vão além da condimentação dos alimentos. Seus compostos bioativos são estudados cada vez mais confirmando em pesquisas os benefícios à saúde proporcionados pelo consumo desse vegetal. (Dr Antônio T M C Santana)

Algumas pesquisas recentes comprovam os benefícios da cebola. Os pesquisadores acabaram por comprovar que a adenosina, substância presente na cebola, impede a formação de coágulos, o que ajuda a prevenir infartos. Os estudos também indicam que a cebola protege contra efeitos obstrutores do colesterol ao aumentar os níveis de HDL. Outros estudos também indicam que comer grande quantidade de cebola pode ajudar a evitar a pressão alta.

Pesquisas realizadas em diversos países mostram que milhares de pessoas desenvolvem alguns tipos de câncer ou irão desenvolver futuramente. Cientistas afirmam que uma alimentação saudável, rica em proteínas, vitaminas e outros, é um grande aliado no combate a inúmeras doenças inclusive alguns tipos de câncer. Alguns alimentos como as leguminosas tem um grande potencial em vitaminas que ajudam o organismo a produzir anticorpos aumentando assim as defesas do organismo no combate as enfermidades.
O alho e a cebola possuem em sua composição química, compostos sulfurados capazes de inibir as células cancerígenas se desenvolverem no organismo. (Almeida, A; Suynaga E. S.)

Pesquisas sobra a cebola


Abraços e muita paz!

A cebola e seus benefícios para a saúde A cebola e seus benefícios para a saúde Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on maio 13, 2015 Rating: 5
Nenhum comentário: