O sabor apimentado da fofoca ou fuxico

O sabor apimentado do fuxico
Muitos dizem que o sabor da fofoca ou fuxico é apimentado, contagiante e destrutivo. O fuxico ou a fofoca nada agrega ao ser humano e é pária da virtude social, isto é, está à margem da boa vida social. A língua é uma arma poderosa e quando as palavras são proferidas para o mal é uma arma destrutiva e muitos acabam queimando a língua com o excesso de pimenta. Diz o velho e sábio ditado que o peixe morre pela boca, e os homens pela língua. Cuidado com o que diz a respeito de outras pessoas, pois o ato de fuxicar ou fofocar acaba se transformando em hábito, muitas pessoas o fazem sem perceber.

Segundo o sábio filósofo Aristóteles, o menor desvio inicial da verdade multiplica-se ao infinito à medida que avança. As coisas baseadas em inverdades, como fuxico, mexerico, fofoca, ou intriga, são disseminadas rapidamente e sempre acabam prejudicando alguém, em nada agrega nenhuma das partes.

Falar dos outros é pária da virtude

Cuidados com os fofoqueiros

Quem quer que fofoque para você irá fofocar sobre você.
Fofoca: brinquedo assassino de pessoas infelizes! (Andreza Filizzola)
A fofoca sempre está a serviço da inveja. Quanto mais invejosa for a pessoa, mais fofoqueira ela é... (Bárbara Coré)
A fofoca é um dos males que tem alto poder de destruir uma relação. Quase sempre vem de pessoas ligadas aos envolvidos, formulada com desonestidade e covardia e sem chances de defesa. (Azenraldo)


Falar dos outros é pária da virtude 

Você sabe ou você sente?
Fuxicar é apimentado e destrutivoVocê já reparou o quanto as pessoas falam dos outros?
Falam de tudo. Da moral, do comportamento, dos sentimentos, das reações, dos medos, das imperfeições, dos erros, das criancices, ranzinzices, chatices, mesmices, grandezas, feitos, espantos.

Sobretudo falam do comportamento. E falam porque supõem saber.
Mas não sabem. Porque jamais foram capazes de sentir como o outro sente. Se sentissem não falariam.

Só pode falar da dor de perder um filho, um pai que já perdeu, ou a mãe já ferida por tal amputação de vida.  Dou esse exemplo extremo porque ele ilustra melhor. As pessoas falam da reação das outras e do comportamento delas quase sempre sem jamais terem sentido o que elas sentiram.

Mas sentir o que o outro sente não significa sentir por ele.
Isso é masoquismo.
Significa perceber o que ele sente e ser suficientemente forte para ajudá-lo exatamente pela capacidade de não se contaminar com o que o machucou.
Se nos deixarmos contaminar (fecundar?) pelo sentimento que o outro está sentindo, como teremos forças para ajudá-lo?

Só quem já foi capaz de sentir os muitos sentimentos do mundo é capaz de saber algo sobre as outras pessoas e aceitá-las, com tolerância. Sentir os muitos sentimentos do mundo não é ser uma caixa de sofrimentos. Isso é ser infeliz.
Fofocar é um defeito humano
Sentir os muitos sentimentos do mundo é abrir-se a qualquer forma de sentimento. É analisá-los interiormente, deixar todos os sentimentos de que somos dotados fluir sem barreiras, sem medos, os maus, os bons, os pérfidos, os sórdidos, os baixos, os elevados, os mais puros, os melhores, os santos.

Só quem deixou fluir sem barreiras, medos e defesas todos os próprios sentimentos, pode sabê-los, de senti-los no próximo.
Espere florescer a árvore do próprio sentimento.

Vivendo, aceitando as podas da realidade e se possível fecundando.
A verdade é que só sabemos o que já sentimos.
Podemos intuir, perceber, atinar; podemos até, conhecer.
Mas saber jamais.
Só se sabe aquilo que já se sentiu. (Arthur da Távola)

Fuxicar ou fofocar é um grande defeito moral

Fofocar sobre os outros é certamente um defeito, mas é uma virtude quando aplicado a si mesmo (Nelson Mandela)
Fofocas são apenas palavras pequenas vindas de mentes pequenas. (Elvis Presley)

Fofocas é coisa de pessoa frustrada
Uma pessoa frustrada que não tem nada de bom para falar da própria vida, compensa sua insignificância falando mal da vida dos outros.
Fuja das fofocas e daquele que fala demais. Não se iluda, este mesmo que lhe traz notícias da vida alheia, também falará de você pelas costas. (Provérbios 20:19)

Colocamos freio na boca do cavalo, mas não conseguimos colocar freio na boca de muitas pessoas. (Tiago 3:3)
Portanto, quem toma cuidado com o que diz está protegendo a sua própria vida, mas quem fala demais destrói a si mesmo. (Provérbio popular)

Abraços e muita paz!

O sabor apimentado da fofoca ou fuxico O sabor apimentado da fofoca ou fuxico Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on fevereiro 21, 2015 Rating: 5
4 comentários:
  1. Fofoca, mexericos,intrigas e bisbilhotices, quão lamentável, mas este mal está dentro das igrejas, no meio da sociedade e dentro de muitos lares, numa freqüência muito maior do que imaginamos. É o “disse que me disse”, que tem levados muitos a servirem aos propósitos maléficos, verdadeiros instrumentos do diabo. Queridos irmãos, vigie o vosso falar, para que não incorram no erro e sejam considerados por todos como fofoqueiros e indignos de confiança. Não fale mal dos irmãos e ou dos líderes. Esta prática é condenada pelo Senhor em Sua palavra, veja os textos abaixo.

    Lv 19:16 “Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo teu próximo. Eu sou o SENHOR.”
    Pv 11:13 “O mexeriqueiro descobre o segredo, mas o fiel de espírito o encobre.”
    Pv 20:19 “O mexeriqueiro revela o segredo; portanto, não te metas com quem muito abre os lábios.”
    1 Tm 6:20 “E tu... evitando os falatórios inúteis...”
    2 Tm 2:16 “Evita, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam passarão a impiedade ainda maior...”
    Tg 1.26 “Alguém está pensando que é religioso? Se não souber controlar a língua, a sua religião não vale nada, e ele está enganando a si mesmo.” http://www.saudeumdesafio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, caro amigo Alfeu R Gomes!!!
      Sim, caro amigo, é um costume ou hábito lamentável, mas ainda é muito usado por muitas pessoas em todos os lugares, inclusive dentro dos lares e igrejas. Infelizmente esta prática continua causando muitos problemas em nossa sociedade.
      Obrigado, caro amigo, fico muito feliz com sua presença e participação, valeu!!!
      Grande abraço e muita paz!!!

      Excluir
  2. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    O Apóstolo Paulo um dia perguntou a Jesus: - Mestre, que queres que eu Faça? O Mestre pleno de Graças respondeu: -" ESPALHA A LUZ".
    Façamos assim também : Vamos espalhar Luz, Amor Fraternal, palavras que nos enriquecem a Alma. Tenha um lindo final de semana. !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Pois é, querida amiga, muita gente em vez de espalhar a luz prefere espalhar fofocas e intrigas, devem estar espalhando a treva. Façamos como nos ensinou o Grande Mestre Jesus.
      Obrigado, minha querida amiga, fico muito feliz com sua presença, participação e carinho, valeu!!!
      Abraços e muita luz para você!!!

      Excluir