O mestre e a excelência na arte da vida

Excelência na arte da vida
É preciso agir como mestre para alcançar a excelência na arte da vida. Uma vida totalmente vazia é angustiante. É preciso preencher a vida com coisas boas e importantes, ocupar a mente com bons pensamentos, caso contrário as coisas ruins e os maus pensamentos tomam espaço e acabam se alojando. A vida sem ocupação e uma mente vazia nos seduzem para caminhos maléficos.
Escolha sempre as coisas que realmente importam na sua vida. Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas e sem importância, nunca teríamos lugar para as coisas que realmente importam.


Cuide para que não queiras receber mais do que tens a oferecer, por que há coisas que exigem extrema reciprocidade para que sejam possíveis.

Para que um litro de água preencha um vaso, é preciso que este vaso tenha espaço para aquele um litro de água ou mais, pois se ele não tiver espaço suficiente, ele transbordará e a água sofrerá.

De modo semelhante, a água precisa estar na medida certa que o vaso comporta, ou deixará espaço vazio, e aí será o vaso que sofrerá.

Com teu próximo é preciso proceder da mesma forma: se você quer viver um imenso Amor, é preciso que cultives um espaço imenso em teu coração.

E, se mais que isso, você deseja um amor incondicional, o teu amor precisa ser incondicional primeiro – sempre, e sobre todas as coisas, ou ele deixará de ser incondicional... (Augusto Branco)

A moral é a ciência por excelência

O mestre na arte da vida

O mestre na arte da vida faz pouca distinção entre o seu trabalho e o seu lazer, entre a sua mente e o seu corpo, entre a sua educação e a sua recreação, entre o seu amor e a sua religião. Ele dificilmente sabe distinguir um corpo do outro. Ele simplesmente persegue sua visão de excelência em tudo que faz, deixando para os outros a decisão de saber se está trabalhando ou se divertindo. Ele acha que está sempre fazendo as duas coisas simultaneamente. (Texto budista)

A excelência pode ser obtida se você se importa mais do que os outros julgam ser necessário; se arrisca mais do que os outros julgam ser seguro, sonha mais do que os outros julgam ser prático, e espera mais do que os outros julgam ser possível. (Vince Lombardi)


Excelência na arte da vida

Aqui temos um ótimo texto para refletir sobre a vida que levamos.
Quando as coisas na vida parecem demasiado, quando vinte e quatro horas por dia não são suficientes... Lembre-se do frasco de maionese e do café.
Um professor, durante a sua aula de filosofia sem dizer uma palavra, pega um frasco de maionese e esvazia-o... tirou a maionese e encheu-o com bolas de golf.
A seguir perguntou aos alunos se o frasco estava cheio. Os estudantes responderam sim.

Arte da vidaEntão o professor pega uma caixa cheia de pedrinhas e mete-as no frasco de maionese. As pedrinhas encheram os espaços vazios entre as bolas de golf.
O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles voltaram a dizer que sim.

Então o professor pegou outra caixa... Uma caixa cheia de areia e esvaziou-a para dentro do frasco de maionese. Claro que a areia encheu todos os espaços vazios e uma vez mais o professor voltou a perguntar se o frasco estava cheio. Nesta ocasião os estudantes responderam em unânime "Sim!".

De seguida o professor acrescentou 2 xícaras de café ao frasco e claro que o café preencheu todos os espaços vazios entre a areia. Os estudantes nesta ocasião começaram a rir... mas repararam que o professor estava sério e disse-lhes: Quero que se deem conta que este frasco representa a vida. As bolas de golf são as coisas Importantes: como a família, a saúde, os amigos, tudo o que você ama de verdade. São coisas que mesmo que se perdêssemos todo o resto, nossas vidas continuariam cheias.

As pedrinhas são as outras coisas que importam, como: O trabalho, a casa, o carro, etc.
A areia é todo o demais, as pequenas coisas.
Se puséssemos primeiro a areia no frasco, não haveria espaço para as pedrinhas nem para as bolas de golf.

O mesmo acontece com a vida.

Se gastássemos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teríamos lugar para as coisas realmente importantes.
Preste atenção às coisas que são cruciais para a sua felicidade.

Haverá sempre tempo para trabalhar, limpar a casa, arrumar o carro... Ocupe-se sempre das bolas de golf primeiro, que representam as coisas que realmente importam na sua vida.
Estabeleça suas prioridades, o resto é só areia...

Porém, um dos estudantes levantou a mão e perguntou o que representaria, então, o café.
O professor sorriu e disse: ...O café é só para vos demonstrar, que não importa o quanto a nossa vida esteja ocupada, sempre haverá espaço para um café com um amigo. (Desconheço o autor)

Ser autêntico e verdadeiro

Pouco importa o julgamento dos outros. Os seres são tão contraditórios que é impossível atender às suas demandas, satisfazê-los. Tenha em mente simplesmente ser autêntico e verdadeiro... (Dalai Lama)

Quem não estima a vida não a merece. A vida bem preenchida torna-se longa. O conhecimento torna a alma jovem e diminui a amargura da velhice. Colhe, pois, a sabedoria. Armazena suavidade para o amanhã. (Leonardo da Vinci)

Abraços e muita paz!

O mestre e a excelência na arte da vida O mestre e a excelência na arte da vida Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on fevereiro 23, 2015 Rating: 5
Nenhum comentário: