Mistérios existenciais da vida e do ser

Mistérios existenciais
Vivemos envolvidos em mistérios existenciais da vida e do ser. Todas as coisas têm o seu mistério. Diz Albert Einstein que a coisa mais bela que podemos vivenciar é o mistério. Ele é fonte fundamental de toda verdadeira arte e de toda ciência. Aquele que não o conhece e não mais se maravilha, paralisado em êxtase, é como se estivesse morto: seus olhos estão fechados.
O mistério gera curiosidade e a curiosidade é a base do desejo humano para compreender. Como cita Victor Hugo: "Essa divisória que nos separa do mistério das coisas a que chamamos vida". Segundo Guimarães Rosa "Tudo, aliás, é a ponta de um mistério, inclusive os fatos. Ou a ausência deles. Duvida? Quando nada acontece há um milagre que não estamos vendo". Viver é um grande mistério.

A vida - entendeu - era bem parecida com uma música.
No começo há mistério, e no final, confirmação, mas é no meio que reside a emoção e faz com que a coisa toda valha a pena. Finalmente, havia entendido que a presença de Deus está em todo lugar, em todos os momentos e é sentida, em um momento ou outro, por todas as pessoas. Deus - entendeu subitamente - era o amor em sua mais pura forma. (Nicholas Sparks)

Na vida há mistériosUm poema é um mistério cuja chave deve ser procurada pelo leitor. (Stéphane Mallarmé)
Deixem o outro mundo em paz! O mistério está aqui! (Mario Quintana)

Ah, perante esta única realidade, que é o mistério, perante esta única realidade terrível - a de haver uma realidade, perante este horrível ser que é haver ser, perante este abismo de existir um abismo, este abismo de a existência de tudo ser um abismo, ser um abismo por simplesmente ser, por poder ser, por haver ser!
Perante isto tudo como tudo o que os homens fazem, tudo o que os homens dizem, tudo quanto constroem, desfazem ou se constrói ou desfaz através deles, se empequena!
Não, não se empequena... Se transforma em outra coisa - Numa só coisa tremenda e negra e impossível, uma coisa que está para além dos deuses, de Deus, do Destino.
Aquilo que faz que haja deuses e Deus e destino, aquilo que faz que haja ser para que possa haver seres, aquilo que subsiste através de todas as formas, de todas as vidas, abstratas ou concretas, eternas ou contingentes, verdadeiras ou falsas!
Aquilo que, quando se abrangeu tudo, ainda ficou fora, porque quando se abrangeu tudo não se abrangeu explicar por que é um tudo, por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa!
Minha inteligência tornou-se um coração cheio de pavor, e é com minhas idéias que tremo, com a minha consciência de mim, com a substância essencial do meu ser abstrato, que sufoco de incompreensível, que me esmago de ultratranscendente, e deste medo, desta angústia, deste perigo do ultra-ser, não se pode fugir, não se pode fugir, não se pode fugir!
Cárcere do Ser, não há libertação de ti?
Grandes mistérios da vidaCárcere de pensar, não há libertação de ti?
Ah, não, nenhuma - nem morte, nem vida, nem Deus!
Nós, irmãos gêmeos do Destino em ambos existirmos, nós, irmãos gêmeos dos Deuses todos, de toda a espécie, em sermos o mesmo abismo, em sermos a mesma sombra, sombra sejamos, ou sejamos luz, sempre a mesma noite. 
Ah, se afronto confiado à vida, a incerteza da sorte, sorridente, impensando, a possibilidade quotidiana de todos os males, inconsciente o mistério de todas as coisas e de todos os gestos, por que não afrontarei sorridente, inconsciente, a Morte?
Ignoro-a? Mas que é que eu não ignoro?
A pena em que pego, a letra que escrevo, o papel em que escrevo, são mistérios menores que a Morte? Como se tudo é o mesmo mistério?
E eu escrevo, estou escrevendo, por uma necessidade sem nada.
Ah, afronte eu como um bicho a morte que ele não sabe que existe!
Tenho eu a inconsciência profunda de todas as coisas naturais, pois, por mais consciência que tenha, tudo é inconsciência, salvo o ter criado tudo, e o ter criado tudo ainda é inconsciência, porque é preciso existir para se criar tudo, e existir é ser inconsciente, porque existir é ser possível haver ser, e ser possível haver ser é maior que todos os deuses. (Álvaro de Campos - Fernando Pessoa)

Toda emoção é inconstante, toda paixão é bipolar. Tudo é mistério, tudo é instável, e sorte de quem aprende a se equilibrar nessa gangorra. (Martha Medeiros)

O mistério em que envolvemos os nossos desígnios revela muitas vezes mais fraqueza do que discrição, e com frequência prejudica-nos mais. (Luc de Clapiers Vauvenargues)

Prefira ter uma mente aberta pelo mistério que fechada pela crença. (Gerry Spence)


O mistério do ser

Conhecer o mistério de um corpo é talvez mais importante do que conhecer o mistério de uma alma. (Mario Quintana)

Abraços e muita paz!

Mistérios existenciais da vida e do ser Mistérios existenciais da vida e do ser Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on novembro 13, 2014 Rating: 5
4 comentários:
  1. Jorge Lucena · Ginásio Pernambucano
    INFORMAÇÕES MUITO IMPORTANTES PARA O NOSSO DIA A DIA.!!!
    Descurtir · 1 · Responder · Moderado · Publicly Visible · Deixar de seguir a publicação · há 10 horas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, caro amigo Jorge Lucena!!!
      Obrigado, que bom que gostou da mensagem, fico muito feliz com sua participação, comentário e apoio.
      Tenha uma ótima e abençoada noite!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir
  2. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    Concordo que a curiosidade é a base do desejo humano para aprender, buscar entender. Perante a Eternidade, a palavra Morte precisa ser novamente conceituada. Morte não é o fim, apenas passagem para outra Vida. Não é um Adeus, apenas um "até breve".Nossos entes amados , são almas que continuam vivos em dimensões Espirituais onde continuam vivos em constante crescimento, sem que os laços de Amor que nos uniram fossem rompidos.Os que partiram continuam na vida , mas não nos deixaram, porque quem ama sempre estará na memória de nosso coração, à espera do dia do grande reencontro. Que Deus o envolva em muita Serenidade !1
    Descurtir · 1 · Responder · Moderado · Publicly Visible · Deixar de seguir a publicação · há 11 horas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Pois é, minha querida amiga, a vida é envolta em muitos mistérios, principalmente com a morte do corpo... são mistérios que a Deus pertence... e nós vamos seguindo, tentando entender a vida...
      Obrigado, minha querida amiga, fico muito feliz com sua presença, com seu comentário, com seu apoio e carinho de sempre, valeu!!!
      Tenha um maravilhoso, feliz e abençoado final de semana!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir