Comportamento para conviver em harmonia

Conviver em harmonia
Precisamos seguir algumas regras de comportamento para aprender a conviver em harmonia com os nossos semelhantes e com a vida, preservando sempre o bem-estar de todos, esta é a principal razão da nossa evolução neste Planeta. Conforme reza a Declaração do Parlamento das Religiões do Mundo “De cada um de nós depende do bem-estar do todo, e assim sentimos respeito pelas pessoas, pelos animais e plantas, e pela preservação da Terra, do ar, da água e do solo. Devemos tratar os outros como gostaríamos que os outros nos tratassem. Assumindo um compromisso com uma cultura de não-violência, respeito, justiça e paz”. Portanto, as regras são claras, a nossa primordial missão é o bem-estar de todos, conviver com os outros sem julgar ou condenar, aceitando as diferenças, defeitos e manias uns dos outros.

A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil! (Mario Quintana)

Viver é conviver. Temos o dom de nos acostumar com os nossos próprios defeitos e manias. Julgamos até que eles são verdadeiras virtudes – daí nossa reação, interna ou externa, quando alguém ousa nos criticar. Achamos que os outros, sim, é que tem comportamentos insuportáveis; são chatos, desagradáveis e não percebem os aborrecimentos que nos causam. Por que não mudam de comportamento? Por que não se esforçam para serem melhores? Por que temos de suportá-los?
Se tivéssemos a coragem de promover uma grande reunião com todas as pessoas que convivem conosco, e lhes pedíssemos que apontassem nossos defeitos, talvez a reunião terminasse de maneira trágica: riscaríamos esses amigos e conhecidos de nossa agenda. “Afinal, onde já se viu dizer aquilo tudo de mim? E eu que pensava que fossem meus amigos!...”
Convivência irmanadaQuem somos? O que pensamos ser ou o que os outros pensam de nós? Somos o que pensamos ser; somos o que os outros pensam de nós; mas somos, acima de tudo, o que Deus pensa de nós. Só Ele tem uma visão global a nosso respeito. É o único que nunca se decepciona conosco. É que uma decepção tem como origem determinada expectativa não realizada. Ora, Ele sabe que somos pó, frágeis e fracos. Nós é que nos julgamos muito sábios e santos. Os outros talvez reajam contra nós porque sentem nossos “espinhos”. (Na verdade, para um porco-espinho, os próprios espinhos não incomodam; desagradáveis são os espinhos dos companheiros...).
Viver é conviver. É mais do que isso: é crescer nos relacionamentos. E cresceremos se nossos relacionamentos forem marcados pelo amor. O amor cristão (“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” – Jesus Cristo) não se fundamenta nas virtudes dos outros, em sua bondade, delicadeza ou simpatia. A fonte desse amor é a gratuidade. Somos chamados a amar o próximo não porque ele seja bom; devemos amá-lo para que se torne bom e, acima de tudo, porque é uma imagem e semelhança de Deus. Talvez, em algumas pessoas, essa imagem não esteja muito nítida; poderá, até, estar deformada e feia. Não nos cabe julgar as razões disso e menos direito temos de condená-las. Amar é olhar cada pessoa com o olhar de Jesus Cristo - um olhar que é marcado pela misericórdia e pelo perdão, pelo carinho e pela a capacidade de fazer nosso o sofrimento do outro. (Dom Murilo S. R. Krieger)

A melhor equipe não é aquela que reúne membros perfeitos, mas aquela onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos. (Jacques Loew)

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte. (Mahatma Gandhi)

Leia também: Viver é conviver e não acostumar-se

Convivência entre os homens

Abraços e muita paz!

Comportamento para conviver em harmonia Comportamento para conviver em harmonia Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on outubro 22, 2014 Rating: 5
4 comentários:
  1. Olá,
    Todos nós temos qualidades e defeitos, logo, devemos procurar focar nas qualidades dos outros, assim, podemos ser mais amigos, mais próximos, entendendo mais o que o outro gosta e o que não gosta também, o que precisa e o que não precisa. Desta forma, além de nos tornarmos seres humanos melhores, conquistaremos a simpatia e a amizade de muitas pessoas. Precisamos agir sempre com respeito mútuo. Todos desejam ser respeitados, e comportamento gera comportamento, portanto, agindo desta forma, respeitaremos e obteremos o respeito de todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, meu caro amigo Alfeu R Gomes!!!
      Verdade, meu amigo, ninguém é perfeito, todos temos nossas qualidades e defeitos, a melhor convivência é sempre o respeito mútuo. A melhor convivência não é aquela que reúne membros perfeitos, mas aquela onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos.
      Obrigado, meu caro amigo, fico muito feliz com sua presença, com seu rico comentário, com seu apoio e carinho de sempre, valeu!!!
      Tenha uma excelente e abençoada noite!!!
      Grande abraço e muita paz!!!

      Excluir
  2. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    Estamos neste mundo para aprender a Amar, a conviver em Harmonia com nossos irmãos de caminhada. A convivência que inclui tantas diferenças, torna-se difícil. Para isso é preciso nosso esforço, cada um fazendo sua parte para alcançarmos um dia a tão esperada PAZ, Harmonia, Universal. Eu acredito que estamos caminhando para isso, faz parte dos disígnos de DEUS! !façamos nossa parte!! Desejo para VC Harmonia sempre!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Justamente, minha querida amiga, estamos neste mundo para aprender a viver em harmonia e paz, este difícil é que precisa ser trabalhado constantemente, aprender a aceitar os defeitos e as diferenças de nossos irmãos.
      Valeu, minha querida amiga, fico muito feliz com sua participação, com seu belo comentário, com seu apoio e carinho de sempre, obrigado!!!
      Tenha uma noite maravilhosa, feliz e abençoada!!!
      Abraços e muita paz!!!

      Excluir