Paradoxos complicados do nosso tempo

Paradoxos do nosso tempo
Um dos paradoxos complicados do nosso tempo é o que se refere à certeza absoluta como filosofia de vida, quase sempre mascarada pela estupidez, ignorância, dúvida, indecisão, insensatez, ira e falta de ética. Muitas vezes são criadas premissas inconsistentes que quase sempre resultam em argumentos válidos. Nada neste mundo é mais perigoso que a ignorância sincera e a estupidez conscienciosa. Muitas vezes estes paradoxos nos levam ao oposto da nossa certeza, daquilo que tínhamos por absolutamente verdadeiro. A identificação de um paradoxo baseado em conceitos aparentemente simples e racionais tem, por vezes, auxiliado significativamente o progresso da filosofia da vida, onde a experiência não nos permite atingir uma certeza absoluta e nem uma evidência absurda. Como sabiamente relata o autor Ernesto Sabato: “Creio que a verdade absoluta é perfeita para a matemática, a química, a filosofia, mas não para a vida. Na vida contam mais a ilusão, a imaginação, o desejo, a esperança e a ética”.

O truque desta filosofia é começar por algo tão simples que ninguém ache digno de nota e terminar por algo tão complexo que ninguém entenda. O homem não é um animal solitário, e enquanto perdura a vida em sociedade, a realização de si mesmo não pode ser o supremo princípio ético. O fato de uma opinião ser amplamente compartilhada não é nenhuma evidência de que não seja completamente absurda; de fato, tendo-se em vista a maioria da humanidade, é mais provável que uma opinião difundida seja tola do que sensata.
Um dos paradoxos dolorosos do nosso tempo reside no fato de serem os estúpidos os que têm a certeza, enquanto os que possuem imaginação e inteligência se debatem em dúvidas e indecisões. A experiência não permite nunca atingir a certeza absoluta. Não devemos procurar obter mais que uma probabilidade. (Bertrand Russell)

Priva-te da ira e da estupidez quando ouvires algo desagradável a teu respeito ou a respeito de outros.
A estupidez nunca é positiva. Você pode ser uma pessoa verdadeira, sincera e até ser dura sem precisar ser estúpida.
Quando algo te irritar, conte ao menos até três; se precisar, conte outra vez. Deixe passar algumas horas ou até alguns dias. Escreva, reflita, faça uma autocrítica. Você vai acabar percebendo que você é capaz de compreender e perdoar muitas coisas, e vai acabar vendo que aquela pessoa talvez não estivesse tão errada assim.
Converse, busque um diálogo sério, mas cordial. Você estará contribuindo para teu crescimento, pois estará exercitando o perdão e a compreensão, e sem dúvida estará contribuindo para o crescimento daquela pessoa também.
Agindo assim, você estará construindo relacionamentos, senão mais profundos, ao menos mais respeitosos e verdadeiros. (Augusto Branco)

Tudo em nossa vida pode ser simplesmente uma obrigação, ou pode ser uma maneira de encontrar-se com Deus.
Três operários trabalhavam numa obra, quando um homem aproximou-se. “O que você está fazendo?” perguntou ao primeiro operário. “Estou ganhando a vida!”, disse, mal humorado.
O visitante virou-se para o segundo operário e fez a mesma pergunta. “Estou quebrando pedras”, respondeu ele.
Finalmente, o visitante se aproximou do terceiro homem e fez a mesma pergunta. “Estou construindo uma catedral”, foi a resposta.
Os três faziam a mesma coisa. Mas apenas o terceiro compreendia sua tarefa. (Paulo Coelho)

Descoberta da verdade

O paradoxo dos nossos tempos é que temos edifícios mais altos e pavios mais curtos; estradas mais largas e pontos de vista mais estreitos. (George Carlin)

Abraços e muita paz!

Paradoxos complicados do nosso tempo Paradoxos complicados do nosso tempo Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on setembro 14, 2014 Rating: 5
2 comentários:
  1. Eloiza Martins De Oliveira Miranda · Quem mais comentou · Faculdade "Auxilium" de Filosofia, Ciências e Letras de Lins
    Viver é um exercício de Sabedoria!! a paz, calma, equilibrio, pratica do Bem, sempre nos faz mais felizes. Momentos de serenidade e Paz !!
    Curtir · Responder · Moderado · Publicly Visible · Seguir publicação · 14 de setembro às 20:29

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha querida amiga Eloiza Martins De Oliveira Miranda!!!
      Sim, minha querida amiga, se todos praticassem esta sabedoria o mundo seria bem melhor.
      Obrigado, fico muito feliz com sua participção e carinho, momentos de serenidade e muita paz para você também!!!
      Abraços e muita luz em seu caminho!!!

      Excluir