Vida Virtual transformando nosso mundo físico real

Estamos vivendo na era da virtualidade...
É assim que garantimos o desempenho dos vários papéis nas nossas vidas ao nos relacionarmos. São atitudes adequadas para as várias circunstâncias que se apresentam na vida. O que importa é a consciência de que elas representam faces da personalidade que vêm do nosso Ser, como partes do todo que somos. Não se trata de eliminar as máscaras, mas de aprender a conviver com elas, até que um dia não tenhamos mais necessidade disso.

Dessa convivência, decorrem o nosso desenvolvimento intelectual, psíquico-emocional, moral e espiritual traduzindo a nossa atuação de ser-no-mundo, o que nos dá uma identidade. Este caráter mediador das máscaras, constituem-se em bastões em que nos apoiamos para dar conta do nosso modo de ser. São alavancas quando podemos mostrar um pouco mais da nossa essência interior em atitudes e são margens dando-nos a noção dos nossos limites e competências. O importante é não perder a nossa essência... (espirito.org.br)
Mundo Virtual real
Estamos vivendo na virtualidade, transformando nosso mundo físico real, em um universo de mega bits virtual. 
Nos dias digitais  atuais,  temos nos deparado com algo surpreendente e fascinante, que é a virtualização do ser humano.
Estamos nos transportando para as redes de transmissões de dados, estamos perdendo nossa identidade física, ou melhor estamos criando uma nova identidade virtual, que navega o planeta inteiro e fica online 24 horas, e este ser não dorme nunca, e o único alimento que ele necessita é que você o alimente, dando assim a cada dia mais vida e energia.
Criando assim um novo personagem, um ser fictício onde nos realizamos através dele, onde expressamos  e exploramos nosso ser em plenitude, onde aparecemos da forma mais exuberante, damos a este ser atenção integral, onde ele se relaciona e interage, com mais amigos do que no mundo real, esta ele se tornando mais interessante do que nossa vida física.
Outro dia ouvi uma frase do tipo! “eu adoro meu computador”, por que meus amigos moram nele, e eu digo mais ainda, não são só nossos amigos que moram nele, a cada dia nos transportamos cada vez mais para dentro deste mundo dos processadores , e estamos indo morar e coexistir dentro dele.
Estamos criando um personagem paralelo do nosso próprio "eu", para existir e se relacionar nas redes sociais, estamos literalmente nos teletransportando para este mundo encantado, de conto de fadas, onde se pode ser o mocinho ou o vilão, com poucas regras e quase nenhuma limitação. 
Personalidade VirtualTudo que queremos, e tudo aquilo que queríamos ser, esta sento transformado em nosso ser virtual, estamos nos realizando e nos vingando através dele, postado e distribuído nas redes sociais de relacionamentos, começamos a armazenar nossas vidas virtuais em bits, depois mega bits, giga bits e já estamos nos tera bits.
Isto é uma forma de atingirmos a posteridade e a imortalidade, deixando este legado, registrado na história digital, a cada dia temos mais espaço para colocarmos nossas vidas na virtualidade.
E agora já esta em teste e pronto para entrar em funcionamento o sistema de "computação em nuvem" (em inglês cloud computing) sistema este que elimina a necessidade de unidade de armazenamento, "HD". Onde será possível acessarmos qualquer banco de dados para fazermos download e uploading, isto em tempo real e em qualquer parte do planeta, só precisaremos de um chip para reconhecimento, um teclado e uma tela de reprodução que maravilha não? Já imaginou, termos acesso ao mundo virtual a qualquer hora e em qualquer lugar, o mundo na palma da mão para ser controlado com o toque dos dedos, a tão esperada era digital, em sua totalidade. E o lema deste sistema é "tudo é de todos e ninguém é de ninguém", se vai dar certo?, não sabemos, até porque a ideia é que tudo isso seja de graça, coisa que eu não acredito. 
Um mundo seu mas, que não te pertence, porque você pode perde-lo como que num passe de mágica, a qualquer momento.
Vida ModernaE a mensagem é sempre a mesmo, fique online, mantenha-se conectado, quando você liga um computador que o sistema operacional é o Windows , ele só esta carregado e pronto para uso, quando aparece na tela o msn, entre no skype uma única vez, e ele vai te manter sempre conectado, não tem como escapar, e eles nos dizem, fique online pra mim.
Agora temos também, celulares com acesso as redes sociais, androids, iped, iphone, ipod, estamos plugados 24 horas por dia, neste mundo paralelo, estes dias estava em São Paulo e uma cena me chamou muito atenção, estava chovendo e na av.23 de maio, vi várias pessoas usando celular e nitidamente dava pra ver que estavam navegando na net, e possivelmente estavam em contato com este seu mundo virtual, e mais ainda estavam sozinhos, sem a companhia de outro ser real, pelo que estou vendo, não a rota de fuga, ou melhor, esta é talvez a fuga, para não perdemos tempo no mundo real, então vou visitar meu outro eu, e  ver o que de bom esta acontecendo com ele.
Nestes bits estão nossas melhores e mais belas fotos, os mais belos lugares que visitamos, nossas histórias para serem compartilhadas, nossos melhores pensamentos, o melhor de nos que temos para mostrar e oferecer, mas também tem o que a de pior de nos também, só que em menor quantidade, afinal não queremos causar má impressão.
Dupla Personalidade
Você já reparou ou parou pra pensar, o quanto do seu tempo você dedica a cuidar do seu bichinho virtual? O quanto você o alimenta, estamos nos transformando em seres de dupla personalidade, de onde saímos de um mundo real e físico, para um mundo virtual a onde tudo é possível. 
Antigamente esquizofrenia era tratada como doença, mas nos dias de hoje é algo normal, onde o ser humano viu neste mundo paralelo uma rota de fuga para a auto realização, vivendo uma vida real e humana e cotidiana simples, mas buscando uma realização com seu segundo eu virtual, nas telas de reprodução de imagens. Imagens estas onde ele vai muito bem obrigado, esta feliz, realizado e satisfeito com seu personagem, tornou-se poeta filósofo e religioso de muita maestria, com muito conhecimento das ciências da vida e até de outros mundos. Nestes personagens um é humano e limitado, o outro é um avatar com poderes ilimitados, digno de grandes proezas e gigantescos feitos.
Parte de mim, por exemplo, está agora neste blog, duvida?
Hoje com raríssima exceção, não nos deparamos com a nossa bipolaridade, com a nossa dupla personalidade, ou mais ainda com nossa esquizofrenia, que fazemos questão de exercitar e praticar algumas horas do dia, para nosso deleite.
Uma coisa é o que eu sou, outra bem diferente é como eu quero ser visto, e no mundo virtual eu posso ser quem eu quiser.
Vida Virtual Este movimento e sintomas ainda são relativamente pequenos, mais com grande possibilidade de expansão.
(Autor: JUCRISMUHABUKARMAZOPHI http://teoriaherculano.blogspot.com.br)  

O encontro de duas personalidades assemelha-se ao contato de duas substâncias químicas: se alguma reação ocorre, ambos sofrem uma transformação. (Carl Custav Jung)

Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso. Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro. (Clarice Lispector)

A individualidade deve existir, pois ela é o alicerce da identidade da personalidade. Não há duas pessoas iguais no universo. Mas o individualismo é prejudicial. (Augusto Cury)

Mundo virtual, extensão da vida real

Abraços e muita paz!!!


Vida Virtual transformando nosso mundo físico real Vida Virtual transformando nosso mundo físico real Reviewed by Luis Eduardo Pirollo on fevereiro 08, 2013 Rating: 5
Nenhum comentário: